Previsão do Tempo
Tempo em
Francisco Beltrão

º | º

No primeiro dia, binário melhora fluidez, mas ainda precisa de ajustes

Publicado em

Da assessoria

Motoristas devem ficar atentos à sinalização nas ruas transversais à Curitiba e tenente Camargo, que agora são mão única

Motoristas devem ficar atentos à sinalização nas ruas transversais à Curitiba e tenente Camargo, que agora são mão única

Uma constatação ficou evidente no primeiro dia de funcionamento do sistema binário: atravessar a cidade no sentido Leste-Oeste pela Curitiba ou Tenente Camargo ficou mais rápido. No entanto, um dos problemas identificados nesta segunda foi a área central, onde filas chegaram a se formar em alguns cruzamentos nos horários de pico.

Durante a reunião de avaliação do sistema, no final do dia, o binário recebeu nota 7,0 da equipe de implantação, que também adotará medidas para adequar o trânsito em algumas esquinas. Na maioria dos cruzamentos será proibida a conversão à esquerda e os semáforos serão ajustados para dois tempos. Isso facilitará a sincronização dos tempos para que exista a chamada “onda verde”.

Ao longo do dia, a equipe identificou três gargalos: a esquina do Glória, da Liciane e do Gagliotto, onde o semáforo de três tempos e a conversão à esquerda estavam travando o fluxo. “Passamos o dia verificando esses detalhes e agora estaremos adaptando os cruzamentos à necessidade de agilizar o tráfego na área central, onde o trânsito está mais lento”, apontou Rudimar Czerniaski, diretor do Departamento Beltronense de Trânsito (Debetran).

Somente após estas modificações é que os semáforos serão novamente sincronizados para proporcionar a chamada “onda verde”, em que o sinal abre para os motoristas que mantêm a velocidade limite. Os agentes de trânsito estarão em quase todos os cruzamentos das 7h às 19h orientando o trânsito.

Pela manhã, durante ato simbólico de implantação do binário, o prefeito em exercício, Eduardo Scirea, lembrou que estes primeiros dias de funcionamento do sistema é um tempo de adaptação. “Não dá para desmontar tudo de uma hora para outra e implementar o novo de repente; é preciso que as pessoas tenham prudência e calma neste período de adaptação”, disse.

Eduardo se referia às obras complementares do binário que serão feitas esta semana, como a retirada de faixas elevadas e lombadas. A sinalização horizontal também deve ser retomada, já que foi paralisada no sábado pela manhã pela empresa responsável, que descumpriu o cronograma de trabalhos.

 

Binário projeta programa de mobilidade alternativa

A implantação do sistema binário é o primeiro passo do governo municipal para um programa mais amplo sobre a mobilidade urbana. Segundo Scirea, a Prefeitura está preparando a licitação do transporte coletivo com mais itinerários e horários de ônibus, para incentivar o uso das lotações para deslocamentos. “A gente quer, primeiro, melhorar a qualidade do transporte coletivo, pra que as pessoas tenham comodidade em pegar ônibus”, salientou.

O sistema binário também inclui uma ciclofaixa, que será feita esta semana em toda a rua Curitiba e inaugurada no sábado. O trajeto é o início de um circuito de ciclofaixas interligando os parques da cidade.

 

Motoristas devem refazer rotas

Todos os dias, Beltrão recebe 40% a mais que sua frota de veículos oriundos de outros municípios, segundo estima o Debetran. Isso representa cerca de 70 mil veículos em uma cidade onde a geografia e demografia nem sempre permitem o alargamento das principais, ruas, que são as utilizadas pelas pessoas de fora.

A sugestão que o diretor do Debetran, Rudimar Czerniaski, faz é de que os motoristas passem a considerar o fluxo de veículos e reprogramem seus percursos e horários. “Quem faz um trajeto fixo, como de casa ao trabalho e vice-versa, pode pegar o mapa e repensar seus deslocamentos de maneira a convergir para onde o fluxo é menor ou mais ágil”, cita Czerniaski.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *