Previsão do Tempo
Tempo em
Francisco Beltrão

º | º

Prefeitura amplia conquistas a educadores em nova rodada de negociação

Publicado em

Da assessoria

Prefeitura e Sintepfb tiveram nova rodada de negociações nesta terça-feira; com a conquista de novos avanços, educadores do município rejeitaram a greve

Prefeitura e Sintepfb tiveram nova rodada de negociações nesta terça-feira; com a conquista de novos avanços, educadores do município rejeitaram a greve

Novos avanços para os professores e educadores infantis foram assegurados pela Prefeitura na tarde desta terça-feira, durante reunião com o Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública de Francisco Beltrão (Sintepfb). Dos sete pontos reivindicados pela categoria nesta rodada de conversas, a comissão do governo municipal que acompanha as negociações desde o ano passado aprovou três de forma integral, outros três parcialmente e rejeitou um – a dobra de padrão – por falta de respaldo legal.

À noite, durante assembleia da categoria, a maioria dos professores municipais aceitou a proposta da Prefeitura e rejeitou a greve, que poderia acontecer a partir desta quarta-feira.

Nos próximos dias, a Prefeitura enviará para análise da Câmara de Vereadores os projetos que formalizam a regularização previdenciária da Ampliação da Jornada de Trabalho e o que concede reajuste retroativo a janeiro e fevereiro da diferença do reajuste salarial. Já o novo Plano de Carreira, o auxílio transporte para profissionais de outras cidades e a licença para formação stricto sensu passarão a valer a partir de janeiro do próximo ano.

O ponto que gerou maior discussão foi o que estabelece os avanços bianuais para os educadores. A proposta do sindicato era de que fosse possível avançar até três classes (6%) a cada dois anos e a contraproposta da Prefeitura é de que os avanços sejam de duas classes (4%) a cada dois anos e com acréscimo de mais três classes – atualmente são 12 –, com validade a partir de janeiro de 2015.

Para o prefeito Antonio Cantelmo Neto, as propostas asseguradas pela Prefeitura beneficiam a grande maioria dos educadores do município e formam um plano sólido para a carreira do magistério. “Pela abertura que demos ao sindicato da categoria, conseguimos formular uma proposta sustentável, amadurecida, que contempla educadores iniciantes e experientes e que, acima de tudo, é exequível”, afirmou Cantelmo Neto.

Reajuste será feito pelo Fundeb

Em outras rodadas de negociação, benefícios já haviam sido assegurados pela Prefeitura. Uma das principais novidades é que a partir de agora o reajuste salarial da categoria será feito com base no índice do Fundeb (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação Básica). No Brasil, este índice é usado somente para reajustar o piso dos professores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *