Previsão do Tempo
Tempo em
Francisco Beltrão

º | º

Dois meses após implantação, fluxo no binário aumentou 60%

Publicado em

Sistema de tráfego em mão única pelas ruas Curitiba e Tenente Camargo já mostrou eficiência, mas Debetran prepara campanha para educar motoristas que usam o trajeto

Da assessoria

Número de veículos que trafegam pelo binário diariamente já passa de 8 mil; novo sistema completa dois meses com sucesso, mas ainda tem desafios, como a educação dos motoristas

Número de veículos que trafegam pelo binário diariamente já passa de 8 mil; novo sistema completa dois meses com sucesso, mas ainda tem desafios, como a educação dos motoristas

Os primeiros dois meses de funcionamento do sistema binário no trânsito das ruas Curitiba e Tenente Camargo são avaliados positivamente pela Prefeitura. A medida, segundo o diretor do Departamento Beltronense de Trânsito (Debetran), Rudimar Czerniaski, conseguiu dar fluidez ao fluxo de veículos no sentido Leste-Oeste da cidade e criou uma nova rota de deslocamento, que teve um aumento considerável na quantidade de veículos.

“O binário atingiu seu objetivo no que diz respeito à adequação da via, que sendo mão única, passou a ser mais utilizada pelos motoristas pela praticidade, mas que aos poucos também está descentralizando o comércio e valorizando estas duas importantes ruas”, afirmou Rudimar. Na contagem volumétrica feita pela Lahsa Engenharia, cerca de 5 mil veículos trafegavam diariamente pelas duas ruas antes do binário, número que, logo após a instalação do novo sistema subiu para cerca de 8 mil e hoje, calcula-se, deve ser ainda maior.

Mas apesar dos benefícios, Rudimar afirma que “o binário ainda não está completo” – somente na semana passada, por exemplo, que os semáforos foram sincronizados – e que medidas visando principalmente a segurança serão tomadas pela Prefeitura. “Nós já conseguimos modificar a questão que envolve mudanças na via, agora o nosso foco será a mudança comportamental dos motoristas”, diz. “Nos próximos meses faremos campanha educativa e analisaremos algum mecanismo de redução de velocidade e respeito aos pedestres e ciclistas”, completa o diretor do Debetran.

Incentivo a transportes alternativos

Além de melhorar o trânsito de automóveis, a Prefeitura também está focando a mobilidade urbana através de outros meios de transporte, como a bicicleta e o ônibus coletivo. A primeira medida foi a ciclofaixa da rua Curitiba, em um projeto que pretende criar um circuito cicloviário na cidade. “Fazendo tudo por etapas, pretendemos criar um circuito de ciclofaixas e ciclovias com quase 20 km, interligando parques, bairros e regiões distantes da cidade, para que a locomoção de bicicleta seja algo vantajoso”, afirmou o vice prefeito e secretário de Planejamento, Eduardo Scirea.

Outra medida importante é a licitação do transporte coletivo, que será feita nos próximos meses. O edital que a Prefeitura está preparando irá exigir maior qualidade no serviço e vantagens como a bilhetagem eletrônica aos usuários, além da expansão das rotas e horários das linhas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *