Previsão do Tempo
Tempo em
Francisco Beltrão

º | º

Qualidade técnica dos participantes impressiona júri do Marreco da Canção

Publicado em

Da assessoria

Festival também abriu espaço para as composições

Festival também abriu espaço para as composições

Durante as finais das categorias Juvenil e Adulto do Festival Marreco da Canção, realizado na segunda e terça-feira, o grande destaque foi o nível técnico dos competidores em cinco diferentes estilos musicais. Quarenta e dois cantores e compositores amadores disputaram a final.

“Fiquei bastante surpreso com as apresentações; não sei onde estava essa gente que canta tão bem e não aparece ao grande público”, afirmou o professor Manoel Motta, jurado nas duas categorias. “São candidatos que cantam como profissionais, agora esperamos que continuem assim para representar bem os valores de Beltrão”, conclui.

Todas as noites, um corpo de três jurados com larga experiência na área musical considerou ritmo, apresentação e afinação para julgar cada apresentação com notas de 5 a 10. Para a professora Adriana Lima, que julgou a Adulto, boa parte dos candidatos estava no mesmo patamar de cantores profissionais. “O nível dos participantes estava muito bom, foi um festival decidido nos detalhes, por exemplo, na afinação, e com pouca diferença entre um e outro”, diz.

Os dois dias de apresentações das finais lotaram o Espaço da Arte. Os estilos Popular e Gospel da categoria Adulto foram os mais disputados – com décimos de nota de diferença entre os vencedores.

Realizado pelo Departamento de Cultura, o Festival Marreco da Canção foi retomado pela Prefeitura após 16 anos. Nesta edição, os três melhores de cada categoria foram premiados em dinheiro, em valores que passam de R$ 31 mil.

O festival, segundo o diretor do Departamento de Cultura, Miguel Seymur, é uma forma de reconhecer talentos, e, devido ao sucesso, terá continuidade nos próximos anos. “É, sem dúvida, um momento de revelar cantores que não são profissionais, por isso estamos pensando em aperfeiçoar o evento e no ano que vem incluir mais uma categoria”, afirma.

 

Virada Cultural

O Marreco da Canção integrou a programação da Semana de Arte-Educação, que prossegue até sexta-feira, quando acontecem atividades culturais em comemoração ao aniversário do Município no Parque Alvorada.

No sábado e domingo, os shows de artistas locais e nacionais acontecem no parque de exposições, que receberá Lenine, Projota, Terra Celta, Nevillton, Matorrales e a Big Time Orchestra. A Virada Cultural é organizada pela Secretaria de Estado da Cultura e Detran/PR, com apoio da Prefeitura, Fecomércio/Sesc, Fiep/Senai, E Paraná e Sanepar.

 

Veja todos os premidos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *