Previsão do Tempo
Tempo em
Francisco Beltrão

º | º

Alunos voltam às aulas em salas climatizadas

Publicado em

Por enquanto, sistema está funcionando só na Maria Helena Vandresen, mas nas próximas semanas todas as escolas da cidade terão ar condicionado

Da assessoria

Nas salas de aula, aparelho reduz sensação de calor e deve melhorar aprendizagem dos alunos

Nas salas de aula, aparelho reduz sensação de calor e deve melhorar aprendizagem dos alunos

Para suportar os mais de 32o registrados pelo Simepar nesta segunda-feira, alunos de Francisco Beltrão reforçaram a lista de material escolar com garrafas de água e toalha. Mas apesar de a temperatura estar atingindo níveis superiores a 30o nos últimos dias, ao menos dentro de sala de aula a sensação não passou dos 23o na escola Maria Helena Vandresen, no Alvorada.

A escola é a primeira da cidade a contar com salas climatizadas, o que, segundo a diretora Rita Samavilla dos Santos, deve ajudar no processo de ensino dos 420 alunos. “Antes os alunos chegavam a ter dores de cabeça e era um ambiente incômodo, agora já deu pra perceber que estão mais tranquilos”, afirma. A escola foi contemplada com nove aparelhos de 30 mil BTU’s e, através da ajuda da APMF, adquiriu mais dois para equipar as salas.

Os equipamentos foram adquiridos com recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), do governo federal e totalizam R$ 325,5 mil, sem contar a contrapartida da Prefeitura, que é a mão de obra para instalação.

O projeto contempla a instalação de aparelhos de ar condicionado em 150 salas de aulas, em todas as escolas municipais da cidade, o que, segundo a Secretaria de Educação, deverá ocorrer nas próximas semanas. “A aquisição está feita e muitas salas já têm os aparelhos instalados, mas temos que ajustar o padrão de luz da maioria das escolas, o que deve levar ainda cerca de 30 dias”, analisa Aldair Cambui, diretor administrativo da Secretaria.

Desde o ano passado, a rede municipal de educação do município já recebeu mais de R$1,1 milhão em equipamentos através do Plano de Ações Articuladas (Par). A maioria desses recursos foi utilizada na aquisição de conjuntos de cadeiras e carteiras e projetores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *