Previsão do Tempo
Tempo em
Francisco Beltrão

º | º

Agroindústria beltronense recebe certificação de inspeção federal

Publicado em

Da assessoria

Neili Galvan, da Coavo, em evento no pavilhão da agroindústria, durante a Expobel

Neili Galvan, da Coavo, em evento no pavilhão da agroindústria, durante a Expobel

Um estudo de monografia de conclusão da faculdade de Economia Doméstica, ainda na década de 90 propunha a criação de uma pequena empresa para comercializa codornas e ovos em conserva em Francisco Beltrão. A proprietária, Neili Galvan, autora do estudo, colocou a teoria em prática, faliu, mas continuou insistindo e desde 2000, com orientação técnica e planejamento atualmente tem um rol de 60 produtos em conserva.

Denominada Coavo, a agroindústria recebeu nesta quarta-feira a certificação de inspeção federal, que permitirá a comercialização dos produtos em todo o território nacional. “Era um projeto que começou pequeno, conseguimos ampliá-lo e hoje estamos projetando uma nova unidade, que cumpre com todos os requisitos necessários para a certificação”, afirmou Neili, durante evento promovido pela Emater durante a Expobel. Na mesma ocasião, outras quatro agroindústrias da região também receberam a certificação.

O selo do Serviço de Inspeção Federal, além de permitir a comercialização em todo o Brasil, também garante a qualidade de alimentos de origem animal e vegetal. A Coavo, que tem uma produção de 20 mil conservas por mês e 11 funcionários, é uma das poucas agroindústrias do município a ter o SIF.

Para o prefeito Antonio Cantelmo Neto, a certificação demonstra a qualidade da produção familiar do município. “O bom de termos agroindústrias com SIF é que podemos ter produtos daqui em todo o Brasil e com agroindústrias que geram emprego e renda para as famílias e por vezes com funcionários registrados”, disse.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *