Previsão do Tempo
Tempo em
Francisco Beltrão

º | º

Saúde do Trabalhador

A saúde do trabalhador é uma área da saúde pública, que tem como objetivo o estudo, a prevenção, a assistência e a vigilância aos agravos a saúde relacionados ao trabalho.
Com a incrível expansão industrial e tecnológica que permitiu maior conforto e proteção à saúde e também o surgimento de novos tipos de trabalho e maior esfera de atividade do homem, percebe-se simultaneamente a esse progresso, uma multiplicação de fontes poluidoras da natureza e dos ambientes de trabalho, provocando doenças profissionais.
A Vigilância Sanitária realiza o trabalho relativo à saúde do trabalhador nos ambientes e processos de trabalho, visando à prevenção de acidentes e doenças relacionadas ao trabalho.
A atuação dá-se através da avaliação, orientação e intervenção no ambiente de trabalho, visando à eliminação ou redução dos riscos, priorizando sempre a implantação de medidas de proteção de caráter coletivo, ou seja:

– eliminação do risco,
– controle dos riscos nas fontes,
– controle dos riscos no ambiente de trabalho e como última opção,
– a adoção de medidas de proteção individual (uso do EPI’S- Equipamentos de Proteção Individual).

Desde 2002, a Vigilância Sanitária tem realizado um trabalho junto às empresas que trabalham com jateamento. Foram realizados o cadastramento das mesmas e a averiguação das condições e do abrasivo usado, das 07 (sete) empresas que realizavam esse trabalho, 04(quatro) usavam como abrasivo a areia e havia algumas em que os trabalhadores ficavam totalmente expostos. Estas empresas foram notificadas, acompanhadas,realizado um trabalho educativo junto aos trabalhadores e proprietários, destas uma mudou de atividade e as demais usam a granalha de aço ou ferro.

Porque não pode ser usado areia como abrasivo?

No Estado do Paraná, a Resolução 1076/97- SESA, proíbe o uso da areia no processo de jateamento, devido este abrasivo conter em sua composição a sílica livre, a qual causa a doença silicose, responsável por inúmeros casos de invalidez e morte, pois é uma doença incurável e progressiva após se instalar no pulmão.
Como acontece a exposição? Durante o processo de jateamento a areia é jogada com grande velocidade contra a superfície de peças para limpá-las (ou seja: eliminar ferrugem e resíduos de corrosão em estruturas diversas), com isso a areia se rompe em partículas minúsculas de dimensões menores ou igual a 05 micras, que são invisíveis a olho nu. Para se ter uma idéia, se pegarmos um graozinho de areia, de diâmetro de um milímetro e dividi-lo em mil partes, uma destas partes mede uma micra.
A poeira respirável, que esta entre 0,5 a 10 micras, é capaz de entrar no sistema respiratório.
A doença silicose é responsável por inúmeros casos de invalidez e morte, retirando do trabalho indivíduos ainda jovens. O trabalhador doente passa a ter muitas dificuldades respiratórias.
Salientamos que toda empresa que realiza ou vier a realizar esse trabalho deve buscar toda orientação, assessoria e assistência técnica junto aos fornecedores e fabricantes de equipamentos e abrasivos, no sentido de obter a qualidade final pretendida no processo de jateamento e sobretudo, o cuidado com a saúde de seus trabalhadores.