Previsão do Tempo
Tempo em
Francisco Beltrão

º | º

Departamento de Vigilância em Saúde

A Secretaria Municipal de Saúde de Francisco Beltrão, seguindo o que preconiza o Ministério da Saúde e também a Secretaria de Estado da Saúde do Paraná e executa as ações de vigilância de modo integrado, através do Departamento de Vigilância em Saúde – DVS. Município de Gestão Plena com todas as ações pactuadas, conforme deliberação CIB nº 16/2004, CIB nº 091/2005 e Port. GM/MS nº 2473/2003. Este Departamento tem suas ações voltadas às áreas de:

  • Vigilância Sanitária
  • Vigilância Ambiental
  • Vigilância Epidemiológica
  • Vigilância em Saúde do Trabalhador

A Vigilância em Saúde abrange um conjunto de ações capazes de eliminar, diminuir ou prevenir os riscos à saúde dos indivíduos e da coletividade. Outro aspecto fundamental é o cuidado integral à saúde das pessoas por meio da promoção da saúde.

Instalado na sede da Prefeitura Municipal, junto a Secretaria Municipal de Saúde, o Departamento conta com toda a estrutura e equipamentos necessários para o desenvolvimento das atividades internas e externas.

 

RECURSOS HUMANOS

Desde 02 de janeiro de 2017, o departamento tem em sua direção Andréa Maria Zorzo de Almeida – Enfermeira, que coordena uma equipe constituída por:

  • 01 farmacêutica: Magda Inês Faust
  • 02 enfermeiras: Guacira Mazzochin e Katia Schmidt
  • 01 arquiteto: Leandro Schmidt
  • 01 veterinário: Arnaldo Rafael Donatti
  • 05 inspetores sanitários: Ângela Maria Azilieiro da Silva , Bruna Freitas de Oliveira, Dalva Colling, Edvandro Rosa de Lima, Thalita Larissa Schmoller
  • 03 técnicas de enfermagem: Nerly Schmoller di Domenico, Vanderléia Cagol e Silvia Mari da Silva
  • 01 técnica de saúde do trabalhador: Silvia Keller
  • 02 motoristas: Domingos Dalla Pascoa, Renato Cesar Bordin

Fazem parte do Departamento o SAE/CTA e o Setor de endemias. O SAE/CTA funciona localizado na antiga mãe paranaense, e é coordenado por 01 Enfermeira e possui equipe multiprofissional composta por: 01 médico infectologista, 01 médico clínico, 01 médico pediatra, 01 psicóloga, 01 auxiliar de enfermagem, 01 auxiliar administrativo e 01 auxiliar de serviços gerais. O Setor de Endemias possui 01 enfermeira coordenadora, 04 supervisores e 44 Agentes de endemias e fica situado no antigo CRE.

 

AÇÕES DESENVOLVIDAS PELO DEPARTAMENTO

1- VIGILÂNCIA SANITÁRIA E AMBIENTAL

As ações de Vigilância Sanitária têm o objetivo de garantir ao usuário a segurança dos produtos consumidos, dos serviços oferecidos e do ambiente em que ele transita, trabalha e vive. É responsável por promover e proteger a saúde de toda a população. Os técnicos do Departamento realizam inspeções, vistorias, orientações, nas seguintes áreas:

  • Fábricas e indústrias de alimentos, restaurantes, bares, lanchonetes, mercados, açougues, pizzarias, panificadoras, cozinhas industriais, sorveterias, cantinas, feiras livres e serviços ambulantes de alimentação, serviços de buffet;
  • Indústrias de saneantes, farmácias, desensetizadoras, hospitais, unidades de saúde, clínicas médicas e odontológicas, distribuidoras de medicamentos;
  • Laboratórios, bancos de sangue e derivados;
  • Salões de beleza, clínicas de estética, massagem, piercing e tatuagem, óticas;
  • Escolas, creches e academias de ginástica;
  • Coleta e controle da qualidade da água para consumo humano;
  • Controle da qualidade da água das piscinas;
  • Coleta de Animais peçonhentos, coleta de morcegos, zoonoses;
  • Investigação de animais agressores
  • Frigoríficos, abatedouros e laticínios;
  • Cemitérios e funerárias;
  • Serviços de transporte de pacientes e ambulâncias;
  • Distribuidoras, depósitos de alimentos e empresas de transporte de alimentos;
  • Mercados, supermercados, mercearias;
  • Indústrias, Comércios e Prestadores de Serviços em geral;
  • Estações rodoviárias, lavanderias;
  • Inspeção para liberação de habite-se;
  • Verificação de reclamações e denúncias;
  • Investigação de acidentes de trabalho graves e fatais;
  • Programa Leite das Crianças (inspeção do caminhão de transporte);
  • Investigação de Surto Alimentar;
  • Análise e Aprovação de Projetos Básicos de Arquitetura das áreas de interesse a saúde;
  • Atividades educativas para a população e para o setor regulado;
  • Ações integradas com outros Departamentos e outros órgãos;
  • Vistorias integradas com o Departamento de Fiscalização, para liberação de licença sanitária em todos os estabelecimentos industriais, comerciais e prestadores de serviços;
  • Orientação e fiscalização em eventos como: Expobel, Expofeira Mulher e outros eventos;
  • Coleta de alimentos e produtos para análise laboratorial;
  • Orientação e acompanhamento em casos de cisticercose e leishmaniose;
  • Inspeção em Clínicas Veterinárias, Pet Shop, Casas Agropecuárias.

 

2- VIGILÂNCIA EPIDEMIOLÓGICA

  • Notificações de doenças e agravos e monitoramento (tuberculose, hanseníase, meningites e hepatites, H1N1, Dengue)
  • Investigação de óbitos maternos e infantis
  • Notificação e investigação de acidentes de trabalho
  • Monitoramento das Doenças Diarréicas Agudas
  • Digitação, controle e monitoramento dos Exames Citopatológicos
  • Acompanhamento e monitoramento dos exames de mamas alterados
  • Alimentação e controle dos programas de busca ativa
  • Codificação e óbitos e investigação de óbitos sem assistência médica
  • Imunização – distribuição de vacina e soro e alimentação do sistema de informação – PNI
  • Campanhas de vacinação

 

3 – VIGILÂNCIA EM SAÚDE DO TRABALHADOR

  • Fiscalização em estabelecimentos que trabalham na transformação de chumbo
  • Orientação sobre o uso de equipamentos, EPIs, EPCs
  • Orientação sobre as condições de trabalho (ambiente, instalações, água, ventilação, iluminação, banheiros), exames de saúde dos trabalhadores
  • Investigação de acidentes graves e fatais.

 

SISTEMAS DE INFORMAÇÕES

Ferramentas indispensáveis para transformar os dados coletados em informações úteis para a prevenção de agravos.

Sistemas utilizados no Departamento de Vigilância em Saúde:

  • SINAN: Sistema de Informação de Agravos de Notificação
  • SIM: Sistema de Informação sobre Mortalidade
  • SINASC: Sistema de Informação de Nascidos Vivos
  • SISCAN: Sistema de Informação do Câncer
  • SIEP: Sistema de Informação para Exames Preventivos
  • SIVEP: Sistema de Informação da Vigilância Epidemiológica SIVEP DDA: Sistema Informatizado da Monitorização das Doenças Diarréicas Agudas
  • SI-PNI: Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunização
  • SINAN INFLUENZA-WEB: Sistema de Informação de Notificação da Influenza
  • SINAN DENGUE: Sistema de Informação de Notificação da Dengue e Chikungunya
  • SISPNCD: Sistema do Programa Nacional do Controle da Dengue
  • GAL: Gerenciador de Ambiente Laboratorial
  • SINAP: Sistema de Notificação de Animais Peçonhentos
  • SISAGUA – Sistema de Informação de Vigilância da Qualidade da Água para consumo humano
  • SISOLO: Sistema de Informação de Vigilância em Saúde de Populações expostas a solo contaminado
  • WINSAUDE: Sistema de Apoio aos Serviços de Saúde
  • SIEVISA: Sistema Estadual de Vigilância Sanitária

 

Navegue