Previsão do Tempo
Tempo em
Francisco Beltrão

º | º

Prefeitura e DER estudam construção de acesso a UPA 24 Horas e Padre Ulrico

Publicado em

Da assessoria

Clecio Menegoto, Gervasio Kramer, Rose Guarda, prefeito Cantelmo Neto, Roberto Machado, Monica Miró e Saudi Mensor, após reunião que tratou da municipalização de parte de PR 180

Clecio Menegoto, Gervasio Kramer, Rose Guarda, prefeito Cantelmo Neto, Roberto Machado, Monica Miró e Saudi Mensor, após reunião que tratou da municipalização de parte de PR 180

A viabilidade da construção de um acesso a Unidade de Pronto Atendimento (UPA 24 Horas), às margens da PR 180, foi o principal assunto debatido entre o prefeito Antonio Cantelmo Neto e o diretor regional do DER (Departamento de Estradas e Rodagem), Roberto Machado dos Santos, nesta sexta-feira (7).

A ideia é que a rodovia, que atualmente é de jurisdição estadual, seja municipalizada para desburocratizar qualquer tipo de alteração que venha a ser feita. “Visando racionalizar custos e dar agilidade e praticidade à construção do acesso, entendemos ser esta a melhor alternativa diante do cenário que hoje temos”, afirmou o prefeito Cantelmo Neto.

Agora, a Prefeitura enviará à Câmara de Vereadores um projeto de lei sugerindo a municipalização do trecho entre o trevo do Miniguaçu e o da Plantanense. Depois de aprovada, a lei é remetida ao DER junto do requerimento justificando o repasse da jurisdição do trecho para o Município, que pretende também instalar um novo semáforo no cruzamento com a atual rodovia, em um novo acesso ao bairro Padre Ulrico na altura do loteamento Lago das Torres.

Outras propostas também foram estudadas pela Prefeitura, como a construção de uma rotatória e de marginais, o que teria alto custo por envolver desapropriações. A viabilização do acesso é o único entrave para a inauguração da UPA, que já está concluída, mas foi projetada sem a previsão de acesso pela rodovia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *