Previsão do Tempo
Tempo em
Francisco Beltrão

º | º

UCI Neonatal no Hospital Regional

Publicado em

Nesta semana cinco novos leitos de UCI neonatal (Unidade de Cuidados Intermediários) foram abertos no Hospital Regional do Sudoeste (HRS), em Francisco Beltrão. O hospital é referência na região para a gestação de alto risco e atendimento ao trauma.

De acordo com a diretora-geral do hospital, Nádia Zanella Vissoto, com os novos leitos, o hospital poderá qualificar ainda mais o atendimento aos bebês. Sem os leitos de UCI, bebês que precisavam de cuidados intermediários, ficavam na UTI mesmo sem necessidade.

“Quando um bebê nasce pesando pouco, por exemplo, ele precisa de cuidados intermediários até ganhar peso. Não é um caso grave que demande uma UTI Neonatal, mas também não se pode deixar esse bebê no quarto. Agora com a UCI, podemos atender de forma qualificada essa demanda”, conta Nádia.

Segundo ela, os leitos também devem minimizar a necessidade de transferência de bebês para outros hospitais, operação que, além de envolver o deslocamento das famílias para longe dos municípios de origem, frequentemente necessitava de apoio logístico do serviço de transporte aéreo.

A diretora ressalta ainda que o hospital desde o início de 2018 é administrado pela Fundação Estatal de Atenção em Saúde do Paraná (Funeas) e que um dos compromissos assumidos pela nova gestão foi o de ampliar o número de leitos ativos, com abertura de cinco leitos de UCI neonatal e mais 34 leitos clínicos/cirúrgicos.

Em junho, 15 leitos clínicos/cirúrgicos foram abertos e outros 19 devem entrar em funcionamento ainda neste ano. “Os novos leitos cirúrgicos permitem que o hospital acolha de forma mais rápida e segura os pacientes de trauma da região Sudoeste. Em sua maioria eles são ocupados por pacientes da especialidade de traumato ortopedia”, diz Nádia. Atualmente, o hospital conta com 135 leitos, incluindo 10 de UTI adulto, 10 de UTI neonatal e 5 de UCI neonatal.

Todos os meses, o hospital realiza cerca de 1.300 atendimentos de urgência e emergência e 600 internamentos. Ele é referência no atendimento de alta complexidade de trauma e gestação de alto risco no Sudoeste, especialmente entre os 27 municípios que compõem a 8ª Regional de Saúde.

????????????????????????????????????

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.