Previsão do Tempo
Tempo em
Francisco Beltrão

º | º

Projeto piloto quer agilizar informações colhidas por agentes de saúde no e-Sus

Publicado em

Da assessoria

Prefeito Cantelmo Neto entregou novos kits para os mais de 160 agentes de saúde e lançou projeto piloto para informatizar dados colhidos pelos profissionais durante as visitas

Prefeito Cantelmo Neto entregou novos kits para os mais de 160 agentes de saúde e lançou projeto piloto para informatizar dados colhidos pelos profissionais durante as visitas

Francisco Beltrão é um dos primeiros municípios paranaenses a testar uma nova ferramenta para agilizar a prestação de informações no e-Sus, o sistema do Ministério da Saúde que acompanha o trabalho dos agentes comunitários. Lançado nesta sexta-feira (18) pelo prefeito Antonio Cantelmo Neto, o projeto será testado durante seis meses com 35 profissionais de diversas regiões do município.

Os agentes que participam da fase de teste receberam tablets e poderão repassar as informações ao sistema em tempo real, durante as visitas domiciliares. “A ideia é que esta nova ferramenta possa agilizar o acompanhamento dos pacientes, com informações atualizadas e precisas para o melhor encaminhamento”, explica a secretária de Saúde, Rose Mari Guarda. Atualmente, os relatórios são feitos em papel e lançados no e-Sus, processo que demora alguns dias.

O projeto piloto foi lançado durante a entrega dos kits para os 161 agentes de saúde do município, no Espaço da Arte. A Secretaria de Saúde repassou novas pastas, coletes e uniformes para o trabalho dos agentes, que visitam famílias de todos os cantos do município, na cidade e interior.

Segundo o prefeito Cantelmo Neto, a atenção básica é um dos segmentos que mais tem se desenvolvido em Beltrão. “A área da saúde tem melhorado como um todo, mas especialmente a atenção básica, que é tão primordial para que possamos ter uma ação mais proativa e voltada à prevenção”, afirmou.

No próximo domingo, a Prefeitura realiza concurso público para contratar mais 50 agentes de saúde, chegando a 210 no ano que vem, mais que o dobro de dois anos atrás.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *