Previsão do Tempo
Tempo em
Francisco Beltrão

º | º

Prefeitura define terrenos para construção de 11 unidades de saúde

Publicado em

Da assessoria

Rose, Scirea, Clécio e o prefeito Cantelmo Neto no local em que será construída a unidade do Jardim Itália, ao lado da ATI

Rose, Scirea, Clécio e o prefeito Cantelmo Neto no local em que será construída a unidade do Jardim Itália, ao lado da ATI

A grande maioria dos 11 terrenos em que serão construídas as novas unidades de saúde já foi escolhida pela Prefeitura de Francisco Beltrão. O prefeito Antonio Cantelmo Neto visitou nesta quarta-feira alguns dos terrenos definidos e que em breve receberão as obras para edificação das unidades do programa Estratégia Saúde da Família (ESF).

“Estamos tomando alguns cuidados na escolha dos espaços, para que as unidades fiquem em locais bem arejados, centralizados, acima do nível da rua e de fácil acesso às pessoas”, afirmou Cantelmo Neto. A secretária de Saúde, Rose Mari Guarda, o secretário de Planejamento e vice-prefeito, Eduardo Scirea, e o diretor de Patrimônio, Clécio Menegotto, também acompanharam as visitas.

Apenas os espaços nos bairros Padre Ulrico e Sadia ainda não estão definidos, já o restante está em fase de adequação dos terrenos, recebendo serviços de nivelamento e terraplenagem. O Ministério da Saúde é que irá liberar os recursos para a construção das unidades – cerca de R$ 4,5 milhões – mas é a Prefeitura que entra com a contrapartida para aquisição dos terrenos, equipamentos e profissionais.

O edital de licitação para definir a empresa que irá executar as obras está sendo finalizado e será lançado nos próximos dias.

Cobertura do programa dobrará

Com a construção das unidades de saúde, o programa Estratégia Saúde da Família irá quase que dobrar sua abrangência no município. A cobertura que atualmente é de 39% irá para mais de 70% da população, o que, na visão da secretária Rose Mari Guarda, terá significativos reflexos na saúde em médio prazo: “são unidades que atendem programas do governo, como para hipertensos e diabéticos, além de um foco prioritário na assistência à prevenção de doenças”, diz.

Cada unidade ESF tem capacidade para cobrir uma população de 3.500 pessoas e conta com equipe especializada. Serão contemplados os bairros Padre Ulrico (Conjunto Esperança), Jardim Floresta, São Francisco, São Cristovão, Seminário/Miniguaçu, Jardim Itália, Sadia, Marrecas e Cantelmo, além do Km 20, no interior.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *