Previsão do Tempo
Tempo em
Francisco Beltrão

º | º

Ministério Público faz diagnóstico para conhecer a rede pública de saúde

Publicado em

Da assessoria

Na unidade de saúde do Padre Ulrico, a equipe de profissionais com a secretária Rose Guarda, prefeito Cantelmo Neto e o promotor de Justiça, dr. Fabricio Trevisan

Na unidade de saúde do Padre Ulrico, a equipe de profissionais com a secretária Rose Guarda, prefeito Cantelmo Neto e o promotor de Justiça, dr. Fabricio Trevisan

Por duas semanas, a secretária de Saúde de Francisco Beltrão, Rose Mari Guarda, acompanhou o promotor de Justiça, dr. Fabricio Trevisan de Almeida, em vistorias a todas as unidades básicas de saúde da cidade. A ideia é que o Ministério Público Estadual conheça de forma detalhada e in loco o funcionamento de toda a rede de saúde do município, desde o atendimento básico até o hospitalar.

A última unidade visitada foi a do bairro Padre Ulrico, onde o promotor avaliou as vistorias. “Esse é um acompanhamento que nos auxilia a entender como funciona o Sistema Único de Saúde, que é complexo e amplo e que, apesar de não ser perfeito, é essencial para as pessoas”, afirmou dr. Fabricio Trevisan. “Pelo que pudemos acompanhar nos últimos dias, a saúde básica em Beltrão não tem casos como os que a gente vê no noticiário, de grandes filas e pessoas pelos corredores”, completou.

Dr. Fabricio assumiu há poucos meses o setor responsável por investigar denúncias e processos que envolvam a área da saúde no MPE. Durante as visitas, conversou com servidores e usuários dos serviços para identificar pontos que podem se tornar mais eficientes.

Para o prefeito Antonio Cantelmo Neto, que também acompanhou a visita no Padre Ulrico, o planejamento do governo municipal e a mudança do foco para a atenção básica devem, em médio prazo, melhorar os indicadores do município. “Nossa prioridade não é a saúde hospitalar, quando se tem que remediar os pacientes, mas a saúde básica, com orientação, identificação e tratamento adequado dos problemas de saúde que as pessoas podem enfrentar”, disse.

Desde o ano passado, a Prefeitura instalou o agendamento de consultas e exames via internet e telefone e conseguiu reduzir o encaminhamento hospitalar via 24 Horas em três vezes, além de iniciar o processo de construção de 11 novas unidades do programa Estratégia Saúde da Família e a reforma de nove unidades de saúde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *