Previsão do Tempo
Tempo em
Francisco Beltrão

º | º

Farmácias Satélite completam um ano

Publicado em

A Assistência Farmacêutica Municipal de Francisco Beltrão está completando um ano de sua reestruturação na atual gestão. Por determinação do prefeito Cleber Fontana, todo processo baseou-se na realocação das farmácias municipais de acordo com a setorização de atendimento, com o funcionamento de seis farmácias que contemplam todos os bairros.

Foram otimizados novos espaços, reestruturados os já existentes, recolocados funcionários e, principalmente, abastecidas as farmácias com todos os medicamentos, tanto da atenção básica como de controlados, facilitando o deslocamento dos pacientes, que agora podem retirar tudo na farmácia de seu bairro.

“Nestes quase 15 meses de gestão fizemos um grande investimento na reestruturação das farmácias e na compra de remédios. Quando a população precisa do medicamento ele deve estar disponível em nossas farmácias municipais”, comenta o prefeito Cleber. Ele garante que os investimentos nesta área terão continuidade, sempre visando atender a demanda.

A coordenadora da Assistência Farmacêutica, Eneida Nóbrega de Souza, destaca que a compra de medicamentos duplicou em 2017 em relação ao ano anterior. Para se ter ideia da procura, somente no último trimestre de 2017 foram atendidos 91.800 pacientes que receberam em torno de 6 milhões de unidades de medicamentos. Nas seis farmácias a média diária é de 1.800 atendimentos.

Também são fornecidos os medicamentos com componentes especializados. Eles são viabilizados pelo Estado e contemplam em torno de dois mil pacientes que mensalmente recebem seus fármacos na Farmácia Municipal da Cango. Eneida relata ainda que houve a expansão dos horários de atendimento. As farmácias da Cango e da Cidade Norte atendem até as 22h00.  A da Cidade Norte funciona também aos sábados durante todo dia, beneficiando os pacientes que consultam nos finais de semana na UPA e no Centro de Saúde da Cidade Norte.

Comissão define medicamentos

A Assistência Farmacêutica é destinada prioritariamente aos usuários do SUS, Sistema Único de Saúde, sendo que todos os medicamentos são elencados de acordo com a RENAME, Relação Nacional de Medicamentos, a qual serve de suporte para elaboração da REMUME, Relação Municipal de Medicamentos. Atualmente são oferecidos 330 ítens, selecionados pela Comissão de Farmácia e Terapêutica, constituída por médicos, enfermeiros, odontólogos e farmacêuticos que anualmente revisam e atualizam essa listagem de medicamentos.

O manual é distribuído a todos os profissionais que atuam no SUS a fim de que prescrevam aos pacientes os medicamentos disponíveis no sistema. Toda essa dinâmica de atenção farmacêutica é feita por uma equipe de 12 farmacêuticos, 13 atendentes de farmácia e 7 estagiários. Esses profissionais tem a responsabilidade de gerir cada uma das farmácias, buscando um atendimento humanizado, amplo e que contemple as necessidades da população.

Eneida explica que cada usuário tem um cadastro, permitindo que o sistema informatizado rastreie o histórico desse paciente e que possa ser acompanhado em qualquer uma das farmácias. Somente são feitos cadastros para moradores do município de Francisco Beltrão.

Considerando que a saúde tem como principio o uso racional de remédios, constantemente são feitas campanhas de conscientização sobre o hábito da automedicação, que tantos problemas pode acarretar a população pelo uso indevido ou inadequado de fármacos, os quais muitas vezes determinam toxicidade, interações medicamentosas e reações adversas que podem comprometer a saúde pelo uso incorreto e excessivo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *