Previsão do Tempo
Tempo em
Francisco Beltrão

º | º

Diminiu infestação do Aedes

Publicado em

A infestação do mosquito Aedes Aegypti, transmissor da dengue, chikungunya e zika vírus, apresentou redução em Francisco Beltrão neste mês de maio no Levantamento Rápido do índice de Infestação (LIRAa), realizado pelo setor de endemias da secretaria municipal de Saúde. O índice ficou em 2%, abaixo do registrado em março, que foi de 2,7%, e bem inferior ao verificado em janeiro, de 3,8%. A medição é feita a cada 60 dias.

De acordo com a enfermeira Tania Lise, coordenadora de endemias da secretaria, a situação mais confortável está nos bairros Sadia, Júpiter, Jardim Floresta e Jardim Itália, todos na Cidade Norte, com índice de infestação de 0,9%. Os maiores problemas, mais uma vez, foram verificados no Centro e bairros Alvorada, Nossa Senhora Aparecida e Vila Nova, índice de 3,1%. Nas demais regiões foram apontados resultados entre 1,5% e 2,0%.

Os focos foram localizados em lixo no pátio das residências, recipientes com água dentro das casas, cisternas e piscinas. Mesmo com a melhora no resultado e a queda de temperaturas, ela recomenda que os cuidados devem ser mantidos e que o trabalho de fiscalização será permanente e rigorosa. “Lembramos mais uma vez que somente com a colaboração da comunidade venceremos esta luta”, destaca Tania.

Neste ano não foi registrado nenhum caso dengue, chikungunya ou zika vírus em Francisco Beltrão.  Em relação a Dengue, foram 135 notificações e destas, 120 descartadas em exames laboratoriais.  Zica vírus foram 4 notificações, com duas ocorrências já descartadas. A chikungunya teve 3 notificações e duas delas descartadas.

Aplicação de multa

Outro alerta da secretaria é relacionado ao cumprimento da Lei Municipal 3.974, de 2012, que estabelece medidas de prevenção e de controle da transmissão de doenças e da atenção primária à saúde. Dentre outras determinações, a lei prevê a aplicação de multa para quem for notificado a eliminar focos do aedes e não cumprir a determinação. Os valores da multa variam de R$ 480,20 a R$ 1.440,60. O não pagamento implica em inclusão no cadastro de dívida ativa. Até o momento nenhuma multa foi aplicada no município mas, a partir de agora, havendo a necessidade, a lei será cumprida.

1221757

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *