Previsão do Tempo
Tempo em
Francisco Beltrão

º | º

Análise de controle de qualidade pode prejudicar fornecimento da vacina BCG

Publicado em

Da assessoria

A Secretaria de Saúde de Francisco Beltrão está organizando um esquema de vacinação especial da dose contra a tuberculose (BCG), após comunicado do risco de interrupção do fornecimento da vacina pelo Programa Nacional de Imunização. Nas unidades de saúde, um cronograma estabelece o agendamento de grupos de recém nascidos para receber a vacinação, já que cada frasco contém dez doses que devem ser aplicadas em até seis horas.

O estabelecimento do programa é uma necessidade para otimizar as doses e evitar que a aplicação da vacinação seja interrompida, segundo explica a diretora do departamento de Vigilância em Saúde, Bernadete de Souza. “Diante do risco de desabastecimento da vacina, que nos é enviada por meio do Ministério da Saúde, não temos outra opção a não ser controlar melhor a vacinação”, afirma.

Em todo o Brasil, a entrega das doses da vacina está interrompida porque a produção do laboratório referente ao mês de dezembro está passando por uma análise de controle de qualidade pelo Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde (INCQS). Em Beltrão, o suprimento de doses é de apenas a metade da média calculada para este período do ano.

A BCG é aplicada em bebês nos primeiros dias de vida e a recomendação da Secretaria de Saúde é de que os pais de recém nascidos que ainda não receberam a dose procurem a unidade de saúde mais próxima para agendar a vacinação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *