Previsão do Tempo
Tempo em
Francisco Beltrão

º | º

Ação conjunta irá recolher entulhos nos bairros para evitar dengue

Publicado em

Da assessoria

Equipes iniciaram mutirão pelo Padre Ulrico, nesta semana

Equipes iniciaram mutirão pelo Padre Ulrico, nesta semana

Todos os bairros de Francisco Beltrão devem receber nas próximas semanas o Mutirão da Dengue, ação que visa recolher entulhos que possam servir de foco de larvas do mosquito Aedes aegypti, transmissor da doença. O mutirão envolve as secretarias de Saúde, Urbanismo e Meio Ambiente.

Motivada pelo alto índice de infestação constatado no último Levantamento de Índice Rápido por Amostragem (Lira) a ação iniciou nesta quarta-feira (11) pelo bairro Padre Ulrico. “Em função das condições climáticas, com muito calor e chuvas, esta época de janeiro a março é propícia à proliferação das larvas, por isso estamos concentrando esforços em diversas ações para exterminar possíveis focos e conscientizar a população”, explica a secretária de Saúde, Rose Mari Guarda, que acompanhou as equipes no primeiro dia de mutirão.

Alguns dias antes do mutirão, carros de som e agentes de combate a endemias passam pelo bairro avisando sobre a ação e pedindo que em um dia pré agendado os moradores deixem os entulhos na calçada, que são recolhidos pelo pessoal do Urbanismo e levados para descarte com orientação da Secretaria de Meio Ambiente. Neste ano, o diferencial é que a ação deve ser realizada sempre no final da tarde, entre as 17 e 21 horas, horário em que os moradores estão em casa e podem colaborar com o mutirão.

Desde que teve uma epidemia da doença, em 2012, com mais de 600 casos, Francisco Beltrão é considerada área de risco para contaminação da dengue, mesmo tendo reduzido significativamente a quantidade de casos nos dois últimos anos. A Secretaria de Saúde agora fará a avaliação do primeiro dia de mutirão e irá planejar a ação em outros bairros da cidade.

 

Disque dengue

Uma central recebe todas as denúncias de locais que podem abrigar criadouros de larvas do mosquito transmissor da dengue. A população pode ligar no 3524-2415 para informar sobre os espaços vulneráveis na vizinhança, que são vistoriados em até dois dias pela equipe de combate a endemias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *