Previsão do Tempo
Tempo em
Francisco Beltrão

º | º

Prejuízos do patrimônio público com a enchente chegam a R$ 4,8 milhões

Publicado em

Da assessoria

A Coordenadoria de Defesa Civil de Francisco Beltrão divulgou nesta quinta-feira um levantamento com os estragos causados pela enchente da última semana. Segundo o relatório, a intempérie climática causou um prejuízo de R$ 4,8 milhões ao poder público.

O levantamento considera os investimentos que terão de ser feitos para recuperar os estragos provocados pela enchente, como uma nova etapa de desassoreamento de córregos e a recuperação de galerias pluviais e estradas e pontes do interior, além da mobilização e recursos dispensados pela Prefeitura para atender às famílias. “É um levantamento dos custos que teremos de arcar para recuperar o bem público”, explica José Carlos Vieira, secretário de Urbanismo e coordenador da Defesa Civil.

A projeção, no entanto, é que os prejuízos causados de forma direta às mais de 500 pessoas afetadas pela enchente sejam maiores. O levantamento não considera, por exemplo, perdas de móveis e roupas.

 

Medidas preventivas em debate

Nesta semana, a Secretaria de Planejamento voltou a discutir a temática das enchentes com o engenheiro agrônomo Ricardo Kuerten, que em 2011 elaborou um amplo estudo sobre a questão, que prevê ações como a conservação de solos, readequação de estradas, construção de bacias de contenção, de barragens transversais e até de um reservatório hidrelétrico.

 

Porém, todas estas medidas emperram no orçamento, segundo o vice-prefeito e secretário de Planejamento, Eduardo Scirea. “Ainda no ano passado tentamos buscar recursos federais para começar a colocar este estudo em prática, visto que nosso maior empecilho é a questão financeira: todas as medidas são caras e se viabilizam somente com auxílio de outras esferas de governo”, diz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *