Previsão do Tempo
Tempo em
Francisco Beltrão

º | º

Prefeitura dobrou aquisição de merenda de agricultores familiares

Publicado em

Todos os recursos repassados pelo FNDE para a alimentação escolar são utilizados na compra direta; em 2014, programa será ampliado no município 

Da assessoria

 Prefeito Neto assina o chamamento público que visa ampliar a participação de produtos da agricultura familiar na merenda escolar, observado por Marcos Calegari, Viro de Graauw, Daniela Celuppi, Rose Guarda e Paulo Grohs

Prefeito Neto assina o chamamento público que visa ampliar a participação de produtos da agricultura familiar na merenda escolar, observado por Marcos Calegari, Viro de Graauw, Daniela Celuppi, Rose Guarda e Paulo Grohs

Um evento com educadores e agricultores comemorou a marca da utilização de 100% dos recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) para a merenda destinados à agricultura familiar. São mais de R$800 mil repassados pelo governo federal e que foram utilizados no chamado compra direta, mecanismo de aquisição de alimentos de agricultores.

Contando as aquisições feitas com recursos próprios da Prefeitura, o número é mais que o dobro registrado no ano passado, quando 56% dos recursos do FNDE foram para a compra direta. A rede municipal de educação elabora, por dia, cerca de 10 mil refeições, principalmente para as escolas e CMEIs.

Durante o evento, o prefeito Antonio Cantelmo Neto destacou que os alimentos passam por controle de qualidade, tendo selo de inspeção municipal, e que, além de gerar renda aos pequenos produtores, ainda melhoram a qualidade de vida dos alunos. “Estamos fazendo tudo em nossa gestão com foco na vida do ser humano. Através deste programa oportunizamos mercado aos produtores familiares, que se organizam de forma cooperativa, e respeitamos as crianças diversificando o cardápio com alimentos mais saudáveis”, afirmou Neto durante o encontro.

Atualmente, cerca de 60 produtores rurais fornecem seus produtos para a merenda, a maioria através da Coopafi, cooperativa de agricultores familiares. Durante a ocasião, o prefeito neto assinou o chamamento público para o primeiro semestre de 2014, em que a variedade de alimentos será ampliada para 48. A expectativa é de que, com este acréscimo, cerca de 30 produtores, além da Coopervin – que produz suco de uva – sejam incluídos entre os fornecedores da merenda.

Entre os produtos adquiridos pelo compra direta que fazem parte do cardápio das escolas está o mel, melado, brócolis, morango, queijo, banana, bolachas, macarrão, canjica e carnes. No próximo ano, milho verde, melancia, maçã, abóbora,tomate, couve flor, e chá de hortelã também passarão a integrar os cardápios.

Obrigatoriamente os municípios devem investir 30% dos recursos do FNDE para a merenda para a compra direta. No caso de Beltrão, segundo frisou a secretária de Desenvolvimento Rural, Daniela Celuppi, “existe a vontade de não apenas cumprir a lei, mas de estimular a produção familiar”. Já o secretário de Educação, Viro de Graauw, destacou o aumento da qualidade dos produtos oferecidos com a ampliação da compra direta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *