Previsão do Tempo
Tempo em
Francisco Beltrão

º | º

Renovação de convênio permitirá que detentos trabalhem em serviços públicos

Publicado em

Da assessoria

Joabe Barbosa, prefeito Cantelmo Neto, Eduardo Scirea e Saudi Mensor durante visita à penitenciária de Francisco Beltrão, nesta sexta

Joabe Barbosa, prefeito Cantelmo Neto, Eduardo Scirea e Saudi Mensor durante visita à penitenciária de Francisco Beltrão, nesta sexta

A partir desta semana, detentos da Penitenciária de Francisco Beltrão estão voltando a trabalhar em serviços públicos, contratados através da Prefeitura. O convênio que estipulava a contratação de presos do regime semiaberto foi renovado pela Secretaria de Justiça e dará maior fôlego aos serviços das secretarias de Meio Ambiente e Urbanismo.

“Temos hoje uma grande dificuldade na contratação de pessoal para prestar serviços de consertos urbanísticos, manutenção e limpeza da cidade”, afirmou o prefeito Antonio Cantelmo Neto, que nesta sexta-feira visitou a penitenciária estadual para conhecer a estrutura do local e tratar da contratação dos detentos. “Temos buscado encontrar mecanismos alternativos para suprir a demanda de serviços, com aquisição de máquinas e contratação de detentos, que também vai à vertente da ressocialização”, completou Neto.

O vice-prefeito e secretário de Urbanismo, Eduardo Scirea, e o secretário de Administração, Saudi Mensor, também acompanharam a visita à penitenciária, onde foram recebidos pela equipe de direção, comandada pelo diretor Joabe Barbosa.

Segundo o convênio, a Prefeitura poderá contratar entre 20 e 80 detentos para prestar serviços públicos. O número, no entanto, pode variar semanalmente em função do enquadramento de presos no projeto e do cumprimento da pena. Os detentos contratados pela prefeitura recebem salário que corresponde a 75% do salário mínimo – em torno de R$ 591 – e parte do dinheiro pode ser destinada à família.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *