Previsão do Tempo
Tempo em
Francisco Beltrão

º | º

Em Brasília, prefeito Cantelmo Neto defende modelo de implantação da Embrapa no Sudoeste

Publicado em

Da assessoria

O modelo de implantação de um centro de pesquisa da Embrapa através dos campi da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) de Francisco Beltrão, Dois Vizinhos e Pato Branco foi defendido nesta terça-feira (1º) pelo prefeito Antonio Cantelmo Neto durante reunião com a ministra da Agricultura, Kátia Abreu, em Brasília. O encontro foi acompanhado por diversas lideranças regionais e serviu para apresentar ao ministério o modelo, considerado o mais viável para a região.

“Consideramos a instalação da Embrapa através da UTFPR, que já possui estruturas muito boas para o desenvolvimento de pesquisas, um modelo mais realista e eficiente, visto a expertise da universidade na área da pesquisa e sua interação com a sociedade”, destacou o prefeito Neto após a audiência. O projeto inicial de instalação da Embrapa na região foi apresentado em maio em Beltrão pela câmara técnica responsável pelo processo de implantação, que agora discute o projeto junto ao governo para viabilizá-lo.

Pela proposta, a estrutura dos três campi da UTFPR da região receberia investimentos para ser aperfeiçoada e abrigar os projetos da Embrapa. A previsão é de que R$ 32 milhões sejam aplicados na construção de laboratórios e aquisição de áreas e veículos para dar operacionalidade aos trabalhos; o valor já está assegurado através de uma emenda parlamentar de bancada dos deputados Assis do Couto e Nelson Meurer.

A ministra Kátia Abreu foi bastante receptiva ao projeto, segundo o prefeito Cantelmo Neto. “A ministra gostou muito da proposta, principalmente porque integra as áreas da educação e agricultura, e recebeu muito bem a ideia de iniciar a Embrapa no Sudoeste através das universidades”, afirmou Neto.

 

Representatividade

Vários representantes do estado participaram do encontro no Ministério da Agricultura, como a senadora Gleisi Hoffmann – que viabilizou a agenda – e os deputados federais Assis do Couto, Osmar Serraglio, João Arruda e Leandre Dal Ponte, além do prefeito de Dois Vizinhos, Raul Isotton e o assessor da Prefeitura de Pato Branco, Aldair Rizzi. O reitor da UTFPR, Carlos Eduardo Cantarelli, os diretores da universidade em Beltrão, Alexandre Alfaro, Dois Vizinhos, Alfredo Gouveia, e Pato Branco, Idemir Citadin, e o secretário executivo do Ministério da Educação, Luiz Claudio Costa, também acompanharam a audiência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *