Previsão do Tempo
Tempo em
Francisco Beltrão

º | º

Pioneiro no Sudoeste, Caps AD de Beltrão atenderá dependentes de álcool e drogas

Publicado em

 

Serviço ambulatorial iniciará em fase experimental a partir da próxima semana; unidade está funcionando temporariamente no bairro Nossa Senhora Aparecida

Da assessoria

Rose Guarda, irmã Inez, prefeito Cantelmo Neto e o vice Eduaro Scirea descerram a faixa na inauguração do primeiro Caps da região para atendimento de dependentes de álcool e drogas

Rose Guarda, irmã Inez, prefeito Cantelmo Neto e o vice Eduaro Scirea descerram a faixa na inauguração do primeiro Caps da região para atendimento de dependentes de álcool e drogas

Muita gente foi conhecer na manhã desta sexta-feira as instalações da unidade do Centro de Atenção Psicossocial destinada ao atendimento de dependentes de álcool e drogas de Francisco Beltrão, o Caps AD. Durante o evento de inauguração, lideranças políticas, religiosas e militares elogiaram o espaço, que funciona de forma provisória em uma casa na rua Minas Gerais, próximo a CDL.

Pioneiro no Sudoeste, o serviço dos 13 profissionais que compõem a equipe do Caps AD será oferecido já a partir da próxima semana de forma experimental e a partir de 4 de novembro integralmente. “Este é um serviço inédito na região, uma demanda de conferências e encontros de saúde e que agora está habilitado a funcionar de acordo com as normativas do Ministério da Saúde”, explicou a secretária de Saúde, Rose Mari Guarda.

A aprovação para implantação do Caps AD ocorreu ainda na primeira reunião do ano do Conselho Municipal de Saúde. Depois, o pedido foi protocolado pela Prefeitura no governo federal, que fez a liberação do projeto em julho.  Os deputados estaduais Caito Quintana e Luciana Rafagnin, o vice-prefeito Eduardo Scirea, vereadores, secretários municipais e lideranças comunitárias também participaram da inauguração.

O prefeito Antonio Cantelmo Neto disse que o Caps cumpre uma das etapas necessárias na luta contra a dependência química e que a conquista ajudará a devolver a dignidade a muitas famílias acometidas pelo problema. “Este Caps AD é fruto de uma necessidade que pais e mães levaram à porta da Prefeitura e das unidades de saúde, desesperados pela degeneração de filhos e entes que sofrem com a drogadição e o alcoolismo. É um cenário cru, nu e triste para o qual temos que nos voltar e oferecer as condições de tratamento”, afirmou o prefeito, que destacou que esta também era uma proposta do Plano de Governo.

 

Espaço

O Caps AD está funcionando provisoriamente em uma casa alugada, no bairro Nossa Senhora Aparecida. O espaço conta com piscina, consultórios, enfermaria e ambientes para realização de atividades, mas a Prefeitura já articula junto ao governo federal a obtenção de recursos para a construção de uma sede própria.

Este será um Caps AD do Tipo II, que é somente para atendimento ambulatorial e para municípios com até 100 mil habitantes. “Como temos 80 mil habitantes, somente poderíamos nos habilitar a receber um Caps deste porte, do chamado Tipo II”, explica Rose Guarda.

O Caps AD atenderá até 45 pacientes por dia e funcionará como um ambulatório psiquiátrico para tratar dos dependentes químicos de álcool e drogas. O serviço funcionará 8 horas por dia e terá médico psiquiatra, clínico geral, psicólogo, pedagogo e terapeuta ocupacional entre os colaboradores. O Município receberá também R$  40 mil mensais de custeio para manter o serviço.

 

Nome homenageia religiosa

A irmã Álix Bento, falecida em 2011, emprestará seu nome à instituição. Durante a cerimônia de inauguração, a irmã Inez, que também faz parte da Congregação das Irmãs Escolares de Nossa Senhora, disse que o trabalho da religiosa “perdura e permanece com a mesma coragem com que Tereza [fundadora da Congregação] o deixou” e que o enfrentamento aos problemas que afetam o corpo e a alma deve ser uma “luta de todos”. A irmã ainda recebeu uma homenagem do prefeito Neto e da secretária Rose antes de o padre Airton Crespan abençoar o local.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *