Previsão do Tempo
Tempo em
Francisco Beltrão

º | º

Órgãos são captados em Beltrão

Publicado em

Na madrugada de sexta-feira (11) aconteceu mais uma captação de órgãos para transplantes no Hospital São Francisco, de Francisco Beltrão. Os órgãos são de uma mulher de 54 anos, moradora em Francisco Beltrão, que foi vítima Acidente Vascular Cerebral (AVC). Com a autorização da família, houve a coleta  do coração (válculas cardíacas), rins, fígado, córneas e pele. O material foi coletado por uma equipe de Cascavel e levado para Curitiba, beneficiando várias pessoas que estavam na fila de espera e fazem parte do cadastro de transplantes do Paraná.

O diretor geral do hospital, Maico Trevisol, informa que a paciente deu entrada no dia 5 de maio. No dia 9 foi constatada a morte encefálica e a captação aconteceu na madrugada de sexta-feira (11).  Ele explica que o hospital mantém uma Comissão Intra-Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para transplantes. Esta equipe está em contato permanente  com a Organização de Procura de Órgãos no sentido de colaborar quando existe a possibilidade desse tipo de captação. “A equipe tem total apoio da direção do hospital e se empenha nesta função. Resultado disso é o ato humanitário que aconteceu na sexta-feira”, comenta Maico.

Todas as doações no Paraná são feitas por meio do Sistema Estadual de Transplantes, que é encarregado pela coordenação e gerenciamento da fila de quem espera por um órgão no Estado. No Brasil, a doação depende do consentimento da família e é com isso que as Comissões Intra-Hospitalares de Doação de Órgãos e Tecidos e a Organização de Procura de Órgãos trabalham dentro dos hospitais. Após a detecção da morte encefálica no paciente, essas equipes são responsáveis pelo processo de acolhimento da família e da oferta para a doação de órgãos do paciente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *