Previsão do Tempo
Tempo em
Francisco Beltrão

º | º

Novidade para a Expobel, setor agropecuário recebe acabamentos

Publicado em

Com incorporação de 24 mil m2, nova área do parque de exposições deverá ser a principal novidade da feira deste ano

Da assessoria

Irineu Flach, Cantelmo Neto e Eduardo Scirea observam o novo espaço que abrigará o setor agropecuário na Expobel e que será uma das novidades da feira

Irineu Flach, Cantelmo Neto e Eduardo Scirea observam o novo espaço que abrigará o setor agropecuário na Expobel e que será uma das novidades da feira

Próximas da conclusão, as obras no novo setor agropecuário do parque de exposições reúnem diversas frentes de trabalho. As equipes estão concluindo muros, a pavimentação dos corredores, cocheiras de animais e o recinto de leilões e mangueiras, que devem estar totalmente prontos em dez dias. A Expobel acontece de 7 a 16 de março.

Nos últimos meses, a área de 24 mil m2, que recentemente foi incorporada ao parque em uma permuta com outro terreno feita pela Prefeitura, passou por uma transformação significativa. O espaço que possuía aclives e rochas foi nivelado para a construção de dois pavilhões com mais de quatro mil metros quadrados cada, onde ficará o gado de leite e corte, os ovinos e caprinos, além de uma pista de julgamento e espaço que futuramente terá outras construções.

O prefeito Antonio Cantelmo Neto e o vice, Eduardo Scirea, visitaram o local nesta semana e acompanharam a finalização das obras, que acontecem desde o ano passado. “Com essa ampliação, nosso parque passa a ter suas fronteiras definitivas, sendo um dos maiores do estado, com cerca de sete alqueires, e com um espaço totalmente novo para abrigar um setor importante na região, que é o agropecuário”, disse Neto.

No local, além dos pavilhões e do recinto de leilões, empresas do setor que adquiriram estandes estarão expondo seus produtos e serviços. O setor agropecuário funcionava antes na área central do parque, em barracões construídos há mais de 40 anos, que foram demolidos e darão lugar a um setor de veículos. A nova área fica nos fundos do centro de eventos, próximo ao parque de diversões.

Segundo Scirea, as transformações que o parque Jayme Canet Jr. vêm sofrendo nos últimos meses são feitas com o intuito de tornar o local um parque ambiental permanente. “Nosso parque é muito bom para abrigar a Expobel, mas o estamos transformando em um parque ambiental, para que possa ser melhor utilizado o ano todo pelas pessoas e não apenas durante a feira”, afirmou.

A Prefeitura está investindo cerca de R$ 4 milhões no parque. A organização da Expobel é feita em forma de gestão compartilhada com a Acefb, em que a participação da Prefeitura é entregar o parque em condições de sediar a feira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *