Previsão do Tempo
Tempo em
Francisco Beltrão

º | º

Finalista de concurso nacional, Condomínio do Idoso é tema de documentário

Publicado em

 

A Caixa Econômica estará premiando as melhores práticas de gestão local envolvendo o banco; filme visa difundir o exemplo do Condomínio a todo o país

Da assessoria

Moradores do Condomínio do Idoso durante as gravações de um documentário; iniciativa é finalista de um concurso nacional promovido pela Caixa

Moradores do Condomínio do Idoso durante as gravações de um documentário; iniciativa é finalista de um concurso nacional promovido pela Caixa

Pouco habituados a câmeras, refletor de luz e equipe de produção, os mais de 30 moradores do Condomínio do Idoso de Francisco Beltrão viveram dias de estrela. Com direito a produção profissional, cenas do cotidiano e entrevistas dos idosos foram gravadas durante dois dias para compor um documentário que objetiva mostrar ao restante do país os bons exemplos envolvendo a Caixa Econômica Federal nos municípios brasileiros.

É que Francisco Beltrão é finalista do concurso Práticas de Gestão local, promovido pela Caixa. Por estar entre os 30 melhores trabalhos do país, o exemplo do Condomínio do Idoso virará um documentário e poderá ser premiado. “Escolhemos 30 trabalhos no Brasil e agora estamos produzindo uma espécie de documentário para que um júri externo faça a escolha dos melhores, que serão premiados e reconhecidos nacionalmente”, explica Marcos Lupepsa, assistente de Projetos Sociais da Caixa.

Iniciativa que existe há mais de dez anos em Beltrão, o Condomínio do Idoso, como o próprio nome sugere, é um espaço com 18 casas ocupadas por idosos geralmente desamparados pela família e com poucas condições financeiras. O projeto iniciou com apoio do Rotary Club e foi ampliado através do programa Morar Melhor, da Caixa. Atualmente, cerca de 30 idosos residem no condomínio, no bairro Luther King, e, com apoio da Secretaria de Assistência Social, têm acompanhamento de profissionais de diversas áreas e são inseridos em atividades realizadas semanalmente.

A dona Catarina Dionísio, pioneira do condomínio e conhecida na vizinhança por andar sempre bem perfumada, gostou da ideia de participar de um documentário. “Eles foram lá em casa, conversamos e falei do como é aqui, como a gente se vira e se dá bem com todo mundo”, conta. Além de visitas às residências, a equipe de produção também acompanhou algumas das atividades desenvolvidas no Centro de Convivência do Idoso, como as tardes de matinês e os encontros regados a guloseimas e baralho.

 

Condomínio pode ser exemplo

Para a secretária de Assistência Social, Ana Lucia Manfrói, esta será uma oportunidade de mostrar uma prática exemplar de assistência aos idosos. “É gratificante ver que Beltrão também pode ser considerada referência no desenvolvimento das atividades com os idosos, principalmente com estes que passaram de uma condição quase que de abandono e agora estão em um local próprio para esta fase da vida”, diz Ana. A Prefeitura pretende ampliar o projeto e ainda este ano deve readequar a acessibilidades às residências e pintá-las.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *