Previsão do Tempo
Tempo em
Francisco Beltrão

º | º

Exército Homenageia Tenente Camargo

Publicado em

Nesta semana foi realizada solenidade no 16º Esquadrão de Cavalaria Mecanizado de Francisco Beltrão para a homenagem dos 52 anos da morte do Tenente Carlos Argemiro Camargo (Tenente Camargo), militar histórico ligado ao Exército beltronernse, morto no cumprimento do dever. A homenagem foi presidida pelo General de Brigada Marcos de Sá Affonso da Costa, comandante da 15ª Brigada de Infantaria Mecanizada, de Cascavel.

A formatura contou com a participação de um pelotão militar e várias autoridades, dentre elas o vice-prefeito Antonio Pedron, que representou o Poder Eexecutivo, e a vereadora Elenir Maciel, representante do Poder Legislativo, além de familiares e ex-companheiros do Tenente Camargo. Também foi realizada a leitura do texto alusivo ao Tenente Camargo.

Natural de Ponta Grossa, Tenente Camargo ingresso no serviço militar em 1957 e dois anos depois foi transferido para Francisco Beltrão. Em março de 1965 foi escalado para comandar uma patrulha para interceptar um grupo armado que havia atacado destacamentos da Brigada Militar do Rio Grande do Sul, em Três Passos e Tenente Portela.

Esse grupo armado seguia rumo a Foz do Iguaçu, onde os presidentes Castello Branco, do Brasil, e Alfredo Stroessner, do Paraguai, estariam reunidos para a inauguração da Ponte Internacional da Amizade.       Sabendo da ação do Exército, o grupo subversivo preparou uma emboscada e recebeu a patrulha a tiros, próximo a Marmelândia. O Sargento Camargo foi baleado na perna e no peito.

A missão prosseguiu e, no mesmo dia, o grupo armado foi alcançado e preso. O então sargento Camargo, na época com 26 anos, morreu em defesa da Nação. Havia casado recentemente com Maria da Penha Correa Soares, deixando-a grávida no 7º mês de gestação. No encerramento da formatura foi colocada uma Corbélia de flores em seu túmulo. Este ato contou com a participação do Major Luiz Fernando Coradini, Comandante do Esquadrão,  General Affonso da Costa e a senhora Marinêz Corrêa Soares Bosio, sobrinha do Tenente Camargo.

Texto – Cabo Luan Jouglas de Moura

Fotos – soldado Eduardo Pascoalotto

DSC_0252-1

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *