Previsão do Tempo
Tempo em
Francisco Beltrão

º | º

Em audiência com prefeito Neto, DER sinaliza abertura do Contorno Leste

Publicado em

Desvio de caminhões pela cidade tem prejudicado moradores e as vias; recuperação e municipalização da PR-892 também foi tema do encontro

Da assessoria

Cantelmo Neto foi recebido em Curitiba pelo diretor de Operações do DER, Gilberto Pereira Loyola

Cantelmo Neto foi recebido em Curitiba pelo diretor de Operações do DER, Gilberto Pereira Loyola

O Departamento de Estradas e Rodagem do Paraná (DER-PR) poderá abrir para trânsito em meia pista o trecho do Contorno Leste que há cerca de 40 dias está fechado, entre a entrada do Miniguaçu e o trevo da Vila Nova. A informação foi dada pelo prefeito Antonio Cantelmo Neto, que nesta terça-feira esteve na direção do órgão em Curitiba, onde manteve audiência com o diretor de Operações, Gilberto Pereira Loyola.

“Solicitamos uma ação emergencial para reativar aquele trecho de rodovia, e que, portanto, está sob jurisdição do DER, visto que com o desvio muitos caminhões têm trafegado pelas ruas da cidade”, afirmou Cantelmo Neto após a audiência.

Desde que o Contorno está fechado, a passagem de caminhões e carros está sendo desviada por ruas do Miniguaçu e Vila Nova, ocasionando reclamações de moradores e problemas de tráfego e em ruas e postes, como o do semáforo na União da Vitória, atingido pela lateral de uma carreta. “O trecho deverá ser aberto somente em meia pista, com sinalização e segurança para os veículos”, adiantou Neto. No local, um muro de contenção ameaça cair sobre a pista.

Durante o encontro, o prefeito e o diretor debateram sobre o recapeamento da PR-892, o trecho entre os trevos da Cattani e o da Água Branca. Uma lei aprovada pela Câmara de Vereadores autorizou a municipalização do trecho, no entanto, o prefeito Neto afirmou a Gilberto que a Prefeitura poderá administrá-lo, desde que antes seja devidamente recuperado.

Em ambas as situações, o DER sinalizou positivamente e assumiu compromisso de que atenderá as demandas levantadas pela Prefeitura. O cronograma de construção da trincheira na PR-483 também foi tema do encontro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *