Previsão do Tempo
Tempo em
Francisco Beltrão

º | º

Nova escola no Jardim Floresta terá estrutura para quase 500 alunos

Publicado em

Orçada em R$ 3,5 milhões, obra começa a ser construída nos próximos dias em um terreno de quase 9 mil m2

Da assessoria

Odair Serraglio, Viro de Graauw, prefeito Cantelmo Neto, Roseli Leão, Eduardo Scirea e Roberson Fieira exibem a ordem de serviço para construção da nova escola, em pose com alunos

Odair Serraglio, Viro de Graauw, prefeito Cantelmo Neto, Roseli Leão, Eduardo Scirea e Roberson Fieira exibem a ordem de serviço para construção da nova escola, em pose com alunos

Com capacidade para atender quase 500 alunos, a nova estrutura da Escola Municipal XV de Outubro, do Jardim Floresta, começa a se tornar realidade. Na manhã desta segunda-feira (9), o prefeito Antonio Cantelmo Neto assinou a ordem de serviço que autoriza a construção da obra, orçada em mais de R$ 3,5 milhões.

“Conseguimos, ainda no início do governo, articular e aprovar projetos junto ao governo federal que agora começam a se concretizar e em poucos meses beneficiarão milhares de pessoas, principalmente nas áreas da saúde e educação”, afirmou o prefeito Cantelmo Neto, destacando que os recursos para construção da nova escola são oriundos do Ministério da Educação, através do FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação Básica).

Em Beltrão, a escola São Cristóvão, do Industrial, já está 50% concluída, e a Pedro Algeri (Miniguaçu), Nossa Senhora de Fátima (Nova Concórdia) e Juscelino Kubitschek (Rio Tuna) em fase inicial de construção, além da Parigot de Souza (Secção Jacaré), todas com recursos federais.

A obra da XV de Outubro será feita pela Construtora Sudoeste, com prazo de nove meses para a conclusão. A nova escola será construída em um terreno de 9 mil m2 adquirido pela Prefeitura e terá 12 salas de aula, quadra coberta, sala multifuncional, biblioteca, refeitório e ala administrativa em um espaço de mais de 2 mil m2 de área construída e com capacidade para atender até 480 alunos.

O evento de assinatura da ordem de serviço reuniu também o vice-prefeito Eduardo Scirea, o secretário de Educação, Viro de Graauw, a diretora Roseli Leão e o vereador Roberson Fieira, além de lideranças da comunidade, professores e alunos.

 

Espaço já está pequeno

A atual estrutura da Escola XV de Outubro está atendendo no limite aos mais de 400 alunos, segundo a diretora Roseli Leão. “Não temos mais condições de ampliar o espaço físico e, com isso, nossa capacidade de atendimento não tem como crescer mais”, explicou.

Nos últimos anos, a escola teve um crescimento no número de matrículas acima da média da rede pública municipal, resultado do crescimento urbano da região do entorno. De acordo com o secretário de Educação Viro de Graauw, a nova escola “acompanha o crescimento da cidade e dará maior qualidade ao processo educativo dos alunos”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *