Previsão do Tempo
Tempo em
Francisco Beltrão

º | º

Na Escola JK, ato de vandalismo é transformado em aula de cidadania

Publicado em

Da assessoria

Princípios do convívio em sociedade, ética, cuidados com bens públicos e participação política foram os principais temas abordados nas aulas desta segunda-feira (9) na Escola Juscelino Kubitschek, em Rio Tuna. Na última sexta, a nova escola em construção amanheceu com frases e ataques políticos pichados nas paredes, mas a comunidade escolar resolveu transformar o ato em uma lição de cidadania.

“Isso acabou nos atingindo, foi como se pichassem a nossa moral. Mas iremos superar e vamos defender nossa escola com unhas e dentes, como um cidadão de verdade e não como vândalos”, afirmou a aluna Kauany Rosa dos Santos, de 12 anos, em uma redação. As atividades envolveram os alunos na construção de textos, cartazes e até vídeos com depoimentos sobre a escola e a pichação.

Segundo a diretora Vivian Pantano, essa foi uma oportunidade de trabalhar conceitos de coletividade com os alunos. “Todo mundo ficou impactado, mas nós pensamos em transformar isso em algo positivo, em usar um ato criminoso como exemplo para amadurecer a consciência dos alunos”, disse.

A Escola JK atende mais de 150 alunos do ensino fundamental de dez comunidades rurais. Atualmente a escola funciona ao lado da igreja de Rio Tuna e chega a utilizar salas do posto de saúde devido à falta de espaço. A nova estrutura da escola é construída pelo governo federal em parceria com o Município e está recebendo investimento de quase R$ 1 milhão somente na edificação.

“A gente tem uma expectativa grande, porque essa nova estrutura era uma reivindicação antiga e mostra que, ao contrário de outros municípios onde escolas do campo são fechadas, Beltrão está investindo e melhorando esse tipo de ensino”, destaca a diretora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *