Previsão do Tempo
Tempo em
Francisco Beltrão

º | º

Com investimento de R$ 6 milhões, escola modelo do Industrial é apresentada à comunidade

Publicado em

Da assessoria

O investimento é alto, mas segundo o prefeito Antonio Cantelmo Neto, necessário. Desde a aquisição da área até a instalação de equipamentos e mobiliários, a nova estrutura da Escola São Cristóvão, do bairro Industrial, receberá R$ 6 milhões em investimento do governo federal e Prefeitura e foi apresentada à comunidade da região Sul de Francisco Beltrão nesta quarta-feira (29).

“A gente sempre buscou fazer as coisas com a maior eficiência possível porque isso permite que sobre mais recursos para investimentos em setores que são prioritários em nosso governo, como a Educação, Saúde e Trânsito. Com isso, conseguimos viabilizar para esta região da cidade uma escola referência, dentro de um padrão federal que permite atender quase 500 alunos, e certos de que esse é o melhor investimento que qualquer gestor público pode fazer”, afirmou o prefeito durante a cerimônia de entrega das obras da nova escola.

A nova estrutura começou a ser construída em junho de 2014 e recebeu R$ 3,5 milhões do Ministério da Educação. Um ano antes a Prefeitura investiu R$ 2,3 milhões de recursos próprios na aquisição da área de 6 mil m2 em que funcionava o antigo Atacado Industrial e agora está bancando obras complementares e a aquisição de mobiliários e equipamentos, cerca de R$ 400 mil a mais.

A diretora Mari Sônia Peter elogiou o novo modelo da escola, bem diferente da atual realidade dos alunos, que têm de ocupar até salas do pavilhão da igreja do bairro para ter aula. “Uma estrutura assim motiva muito mais tanto os educadores quanto os alunos”, diz ela, que também fez referência ao projeto horizontalizado (sem andares) de todo o complexo escolar.

A Escola São Cristóvão foi criada em 1969 onde hoje é a praça Francisco Comunello, depois foi para a rua São Paulo, onde funcionou até então. A nova estrutura irá atender alunos do pré ao quinto ano dos bairros Industrial, São Cristóvão e Água Branca e possui 12 salas de aula, quadra coberta, sala multifuncional, laboratório, biblioteca, refeitório e ala administrativa em um espaço de mais de 2 mil m2 de área construída.

Vereadores, lideranças comunitárias e representantes de entidades e órgão públicos também acompanharam a cerimônia de entrega das obras, marcada também por homenagens a professores e trabalhadores das obras.

Outras duas estruturas iguais a do Industrial estão em construção na cidade – nos bairros Miniguaçu e Jardim Floresta – e devem ser entregues no segundo semestre, além de mais três escolas do campo – no Rio Tuna, Nova Concórdia e Seção Jacaré.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *