Previsão do Tempo
Tempo em
Francisco Beltrão

º | º

Sudoeste recebe unidade da Embrapa em modelo que pode ser referência para o país

Publicado em

Da assessoria
A unidade da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) que será instalada no Sudoeste é a primeira do país que funcionará em um modelo de transferência de tecnologia com as instituições regionais – no caso a UTFPR (Universidade Tecnológica Federal do Paraná) e o Iapar (Instituto Agronômico do Paraná). O protocolo de intenções entre as três instituições para implantação da unidade através da universidade nos municípios de Francisco Beltrão, Dois Vizinhos e Pato Branco, foi assinado nesta sexta-feira (11), na Amsop.

Segundo o diretor de transferência de tecnologia da Embrapa, Waldyr Stumpf, a estatal tem projeções de reestruturar sua atuação no Brasil e o modelo da região pode servir de referência para o restante do país. “Nasce aqui em Francisco Beltrão uma modelagem inovadora, pois estamos formalizando a primeira unidade da Embrapa com esta formatação, que reúne instituições regionais para que nossa tecnologia esteja disponível à região”, afirmou o diretor.

Denominada Unidade Mista de Pesquisa e Transferência de Tecnologia (UMIPTT), a Embrapa do Sudoeste terá o foco na agricultura familiar e nas próximas semanas começa a receber técnicos de outras unidades que atuarão realizando transferência de tecnologia e articulação de pesquisas com a universidade e assistência técnica a produtores rurais.

O prefeito Antonio Cantelmo Neto caracterizou o ato como um divisor no desenvolvimento da região. “Nos últimos anos nosso país conquistou um papel importante no cenário mundial em produção de alimentos e o Sudoeste tem uma participação fundamental neste processo, pois as perspectivas futuras são muito positivas neste quesito. Ter a Embrapa aqui fortalece nossa produção agropecuária em termos qualitativos e quantitativos”, destacou Cantelmo Neto no evento.

A assinatura do protocolo lotou o auditório da Amsop e reuniu diversas lideranças ligadas ao setores agrícola e pecuário. O reitor da UTFPR, Carlos Eduardo Cantarelli, o presidente do Iapar, Florindo Dalberto, o presidente da Unicafes, Luiz Possamai, o delegado do Ministério do Desenvolvimento Agrário, Reni Denardi, a senadora Gleisi Hoffmann, o deputado Assis do Couto – que esteve envolvido em todo o processo de implantação e destinou emenda parlamentar para custear o projeto -, o deputado estadual Wilmar Reichembach e o prefeito de Marmeleiro e presidente da Amsop, Luiz Bandeira, também acompanharam o evento desta sexta, que integrou a programação da Expobel.

Há anos a implantação da Embrapa é debatida na região. O tema voltou à tona em outubro de 2013, segundo o secretário de Desenvolvimento Rural de Beltrão, Nelcir Basso, com a articulação de forças políticas e de técnicos da área que formularam projeto em parceia com a UTFPR.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *