Previsão do Tempo
Tempo em
Francisco Beltrão

º | º

MEIs se profissionalizam e vislumbram novos negócios no Café com Crédito

Publicado em

Da assessoria

Nesta edição, evento também ofereceu oficinas gratuitas aos microempreendedores, como a do controle de caixa, ministrada pelo Sebrae no Centro Empresarial

Nesta edição, evento também ofereceu oficinas gratuitas aos microempreendedores, como a do controle de caixa, ministrada pelo Sebrae no Centro Empresarial

Em dois dias, dezenas de microempreendedores individuais (MEIs) participaram de qualificações e puderam conferir linhas de financiamento com condições diferenciadas, durante o Café com Crédito. Organizado pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Tecnológico (Semdetec) em parceria com o Sebrae, o evento busca aproximar os empresários das instituições financeiras e capacitar um segmento que vem crescendo cada vez mais no município.

“O empreendedorismo está em alta no Brasil, no entanto, muitas vezes o empresário sabe produzir e vender, mas não consegue dimensionar o quanto ganha, qual o custo do produto ou serviço e sua rentabilidade”, explica o instrutor do Sebrae, Tarcizio Reinehr, que nesta quarta-feira (24) ministrou oficina sobre controle de caixa no Café com Crédito. “É uma capacitação que ensina o básico, mas necessária para profissionalizar o negócio de cada um dos empreendedores”, completa o instrutor.

Entre as alunas da oficina estava a costureira Ligia Garbozza, que há seis anos, após terminar um curso superior na área de confecção e moda, abriu seu próprio negócio e hoje atende encomendas de vestidos e trajes sociais, além de dar aula em um curso técnico da cidade. “Já tinha alguns conceitos de administração do tempo da faculdade, mas têm coisas que a gente precisa se atualizar e conhecer mais a fundo”, disse ela se referindo à oficina do Sei (Soluções para Empreendedores Individuais).

Além das capacitações, os empreendedores também puderam consultar linhas de crédito de diferentes instituições financeiras em um único lugar. Nas duas manhãs do evento, representantes do Banco do Brasil, Caixa, Sicoob, Sicredi, Solcredi, GarantiSudoeste e Fomento Paraná atenderam cerca de 100 empreendedores no Centro Empresarial.

A vendedora de cosméticos Helena Reichert, por exemplo, passou pelo local para participar da palestra sobre o custo benefício da máquina de cartão de crédito e ficou empolgada com a proposta. “Já vou encaminhar tudo para poder ter uma porque, apesar de não mexer com um volume grande de dinheiro, a gente consegue condições diferenciadas para ter a máquina e não deixa de perder nenhuma venda mais”, pontua.

 

Novas edições

Iniciado no ano passado, o Café com Crédito terá continuidade e, pelos resultados positivos, deve ter pelo menos mais uma edição neste ano, segundo a secretária Jovelina Chaves. “A cada edição, conseguimos incrementar novos cursos e atrair mais microempreendedores individuais para um ambiente em que podem ter acesso a ferramentas para melhorar seu negócio”, diz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *