Previsão do Tempo
Tempo em
Francisco Beltrão

º | º

Unidade da Embrapa no Sudoeste começará a funcionar neste mês

Publicado em

Da assessoria

Representantes de instituições envolvidas na implantação da unidade se reuniram nesta segunda para planejar evento de instalação da Embrapa, no dia 24

Representantes de instituições envolvidas na implantação da unidade se reuniram nesta segunda para planejar evento de instalação da Embrapa, no dia 24

Até o final de junho a região receberá os primeiro técnicos que irão trabalhar na Embrapa do Sudoeste. A instalação da unidade será realizada no próximo dia 24 pelo presidente da empresa pública, Maurício Antonio Lopes, em evento que apresentará os novos profissionais, o modelo de transferência de tecnologia com as instituições regionais e lançará o primeiro edital para projetos de pesquisa.

“Nos últimos meses a unidade da Embrapa foi implantada e seu formato de transferência de tecnologia e instituições parcerias definido; agora ela começa a funcionar na prática, mesmo que de forma insipiente, com pessoal e recursos para pesquisa”, afirma o secretário de Desenvolvimento Rural de Francisco Beltrão, Nelcir Basso.

Denominada Unidade Mista de Pesquisa e Transferência de Tecnologia (UMIPTT), a Embrapa do Sudoeste terá o foco na agricultura familiar e será operacionalizada através dos campi de Beltrão, Dois Vizinhos e Pato Branco da UTFPR (Universidade Tecnológica Federal do Paraná) e o do Iapar (Instituto Agronômico do Paraná). Já no evento do dia 24, que foi debatido nesta segunda-feira por representantes da UTFPR, Iapar, Amsop e Prefeitura de Beltrão, outras instituições da região também irão assinar a adesão à governança da unidade.

A unidade da região irá funcionar dentro do campus da UTFPR e já começa com R$ 600 mil garantidos através de emenda parlamentar do deputado federal Assis do Couto: os recursos serão distribuídos entre projetos de pesquisa e a construção de um espaço próprio para a UMIPTT. “Ter a Embrapa na região fortalece nossa produção agropecuária em termos qualitativos e quantitativos”, destaca o prefeito Cantelmo Neto, que já sinalizou a compra de uma área junto à UTFPR para ser destinada à empresa pública.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *