Previsão do Tempo
Tempo em
Francisco Beltrão

º | º

Programa da Prefeitura realizou mais de 50 mil exames de brucelose e tuberculose

Publicado em

Da assessoria

A família do produtor Luiz Ricardi, que há oito anos teve a maioria de seus animais abatidos, recebeu da Prefeitura, Nuvetz e Rural Leite a placa de participação no Programa

A família do produtor Luiz Ricardi, que há oito anos teve a maioria de seus animais abatidos, recebeu da Prefeitura, Nuvetz e Rural Leite a placa de participação no Programa

A primeira etapa do Programa Municipal de Combate à Brucelose e Tuberculose terminou nesta semana com saldo considerado satisfatório pela Secretaria de Desenvolvimento Rural. Em um ano, mais de 53.400 exames foram feitos em animais de 1.647 propriedades rurais do município, resultado que foi comemorado nesta quarta-feira, durante ato simbólico de entrega da última placa da campanha ao produtor Luiz Ricardi, do Km 30.

Ricardi já sofreu com os efeitos da tuberculose em seu rebanho: há oito anos a doença foi constatada em seis das nove vacas que mantinha para a produção de leite, que tiveram que ser sacrificadas. Hoje, recuperado do trauma e crise financeira decorrente da doença, que chegou a contaminar um dos filhos, o produtor elogia a iniciativa da Prefeitura. “É um programa bem feito, que veio na hora certa, e que ajuda saber da saúde dos animais da gente”, diz.

Desde o início do programa, em julho do ano passado, 230 animais foram identificados com alguma das doenças, destes, 98 que possuíam tuberculose foram indenizados, em um projeto estadual motivado a partir do programa.

Segundo o vice-prefeito e secretário de Planejamento, Eduardo Scirea, a intenção é ampliar a cobertura do programa nas próximas edições. “Já estamos iniciando mais uma etapa da campanha e agora queremos aumentar ainda mais a quantidade de animais examinados, porque mantendo a qualidade sanitária do rebanho vamos garantir melhores condições de comercialização do leite produzido em Beltrão pela agricultura familiar”, ressaltou.

Também participaram do ato o coordenador do Núcleo de Veterinários da Acefb, Marcio Wulff, e a secretária de Desenvolvimento Rural, Daniela Celuppi.

O programa foi formatado pela Prefeitura e executado em parceria com o Nuvetz. Quatorze veterinários associados ao núcleo participaram do chamamento público e percorriam o interior realizando os exames, que eram pagos pelos produtores e pelo governo municipal; mais de R$ 225 mil foram investidos no programa pela Prefeitura.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *