Previsão do Tempo
Tempo em
Francisco Beltrão

º | º

Produção agropecuária de Beltrão pode chegar a R$ 1 bilhão

Publicado em

Além da melhoria da produtividade, alta de 48% no Dólar elevou preço de produtos como milho, soja e aves no mercado internacional

 

Da assessoria

A alta do Dólar no ano passado é um dos principais fatores que podem elevar em quase 30% o valor bruto da produção agropecuária de Francisco Beltrão. Na análise do secretário de Planejamento, Gervásio Kramer, a produção de soja, milho, feijão, aves, leite e de gado de corte deve subir de R$ 727 milhões para quase R$ 1 bilhão e refletir positivamente na economia local.

“Puxada pelo câmbio e pelo aumento da produtividade, a agropecuária beltronense está sendo importante para manter a economia do município aquecida, beneficiando toda uma cadeia direta e indireta. Essa estimativa demonstra a força histórica dos segmentos agrícola e pecuário, que sempre foram importantes em todos os ciclos econômicos pelos quais Beltrão passou”, avalia Kramer.

Para se ter uma ideia, em 2015, o Dólar começou o ano cotado a R$ 2,65 e fechou em R$ 3,94, uma alta de 48% em 12 meses. Este cenário de câmbio tem favorecido setores que lidam diretamente com exportações por baratear seus preços no mercado internacional, como é o caso da agropecuária, e tem puxado o preço de commodities como o milho e a soja e de carnes.

 

2ª melhor produção do Sudoeste

Os dados sobre a produção de 2015 de todos os municípios paranaenses devem ser divulgados nos próximos meses pelo Departamento de Economia Rural da Secretaria de Agricultura e Abastecimento (Deral/Seab) e consolidar o bom resultado beltronense. “O bom desempenho das atividades primárias reflete otimismo e bons resultados também em outros setores”, explica Gervásio Kramer.

A produção agropecuária de Francisco Beltrão é hoje uma das mais representativas de todo o Sudoeste, perdendo apenas para Dois Vizinhos, que registrou em 2014 uma produção total de R$ 755 milhões. A média da produção de outros municípios no mesmo ano está entre R$ 200 mi e R$ 300 mi.

A maior participação na composição do chamado PIB agropecuário de Beltrão é da avicultura, seguida pela soja, milho, leite e suínos.

 

Apoio governamental

O apoio governamental tem sido importante na estruturação dos segmentos agrícola e pecuário, segundo avalia o secretário de Desenvolvimento Rural, Nelcir Basso. “Nos últimos anos conseguimos melhorar em muito a qualidade da nossa produção através de assistência técnica, melhoramento genético dos animais, acesso à tecnologia e maquinário, evolução das sementes e também possibilidades de comercialização”, analisa.

Atualmente, a Prefeitura de Beltrão investe cerca de R$ 8 milhões por ano no interior do município, a maioria em infra-estrutura, como estradas, pavimentação e construção de escolas e unidades de saúde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *