Previsão do Tempo
Tempo em
Francisco Beltrão

º | º

Balde Cheio fomenta a produção de leite

Publicado em

Uma cerimônia realizada na noite desta terça-feira (05) no Espaço da Arte marcou o lançamento oficial do Programa Balde Cheio de apoio à pecuária leiteira. A iniciativa é da administração municipal de Francisco Beltrão, por meio do Departamento de Agropecuária, que destinou quatro profissionais para trabalhar inicialmente com 20 produtores de todas as regiões do município.

O programa é idealizado pela Embrapa, Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, e visa promover o desenvolvimento da pecuária leiteira, mediante o processo de transferência de tecnologias, através da capacitação de profissionais da assistência técnica, extensão rural e pecuaristas em técnicas, práticas, processos gerenciais e ambientais. As tecnologias são adaptadas regionalmente em propriedades que se transformam em salas de aula.

Elas são monitoradas quanto aos impactos ambientais, econômicos e sociais no sistema de produção. Os produtores são orientados sobre o correto manejo da atividade leiteira, sobre como administrar a propriedade e as ações que potencializam os lucros da produção. São repassadas instruções sobre manejo da pastagem, correção do solo, entrada dos animais no piquete, adequação dos corredores para movimentação dos animais, manejo de reprodução, introdução da ordenha mecanizada, monitoramento de eventos climáticos, ficha de controle dos animais, uso de planilhas para a coleta de informações básicas sobre o rebanho, entre outras.

Não existe um pacote tecnológico a ser aplicado em todas as propriedades, mas uma discussão ampla entre os envolvidos sobre quais devem ser as tecnologias mais apropriadas a implementar em cada situação. A essência do Balde Cheio é desenvolver um espírito de empreendedorismo nos produtores, resgatando a autoestima e a motivação em continuar na produção leiteira.

Em Francisco Beltrão o Balde Cheio começa com quatro unidades demonstrativas, num total de 20 propriedades. A coordenação geral é da médica veterinária Maria Lucia Matarezi, diretora do Departamento de Agropecuária. A coordenação técnica é do engenheiro agrônomo Juliano Fabrício. O trabalho junto aos produtores é feito pelos  engenheiros agrônomos da secretaria, Aljian  Alban, Silvan Marchesan e Barbara Bonissoni Cella Leite e pelo médico veterinário Luan Lucas Reihner.

O produtor Aido Dalla Costa, do Rio Guarapuava, é um dos beneficiados. Ele participou do lançamento junto com a esposa Rosa Maria e as filhas Julia, de 12 anos, e Letícia, de 2 anos. Ela relata que no momento está com 12 vacas produzindo cerca de 170 litros de leite ao dia. “Acredito no programa, vou fazer todas as adequações necessárias, pois a minha meta é aumentar o número de vacas produzindo e em breve chegar a mil litros por dia”, relata Aido.

Durante o evento o vice-prefeito Antonio Pedron lembrou que o incentivo aos produtores de leite faz parte do plano de governo da atual gestão e acrescentou que além de dar estrutura para aumentar a qualidade e a produtividade, outra meta é fomentar a industrialização no próprio município. “Estamos em busca de alternativas neste sentido e, em conjunto com os produtores, vamos encontrar caminhos também para a industrialização da produção”, completou Pedron.

O diretor adjunto de transferência de tecnologia da Embrapa Pecuária, André Luiz Monteiro Novo, discorreu sobre a parte técnica do programa. Também comentou que visitou algumas propriedades e ficou surpreso com a potencialidade dos produtores. “O programa vai dar certo em Beltrão e em breve os resultados começarão aparecer na prática”, enfatizou o pesquisador. No final da cerimônia os produtores receberam uma placa que identifica suas propriedades como integrantes do Balde Cheio.

A frente de honra foi composta pelas seguintes autoridades: vice-prefeito Antonio Pedro; vereadores Leo Garcia e José Carlos Kniphoff; Maria Lucia Matarezi, diretora de Agropeciária; André Luiz Monteiro Novo, diretor adjunto de transferência de tecnologia da Embrapa Pecuária; Juliano Fabrício, coordenador técnico do programa em Beltrão; Andrea Becker e Gilmar Meneguetti, da unidade mista da Embrapa de Beltrão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.