Previsão do Tempo
Tempo em
Francisco Beltrão

º | º

DEBETRAN REALIZA CAMPANHA EDUCATIVA

Publicado em

DSC_9431

Estatísticas de acidentes de trânsito comprovam o crescimento do número de ocorrências em que pelo menos uma das partes envolvidas estava conduzindo o veículo sob o efeito de álcool. A constatação é da Polícia Rodoviária Federal, que acredita ser necessário alertar exaustivamente a sociedade sobre os perigos de beber e dirigir.

Diante disso, durante toda a semana estão acontecendo ações educativas realizadas pelo Departamento Beltronense de Trânsito (Debetran), em parceria com a Policia Militar, Corpo de Bombeiros, Detran, Departamento de Vigilância em Saúde, secretaria municipal de Educação, Escola Prática Educativa de Trânsito e acadêmicos da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR). A Semana Nacional de Trânsito teve início na segunda-feira, 18, com o lançamento de um vídeo educativo relacionado ao tema álcool e direção. Em seguida a campanha passou a ser desenvolvida em bares, com abordagens noturnas e entrega de materiais. Policiais Militares e Bombeiros realizam testes de bafômetros e disponibilizam testes descartáveis para pessoas que queiram realizar o teste em caráter educativo.

Segundo o policial Alexsandro Machado, muitos condutores acreditam que beberam pouco e podem dirigir. “Ao realizar o teste descartável o condutor pode verificar se está ou não com nível de álcool superior ao permitido e caso seja necessário passar a direção ao amigo que não bebeu para garantir a segurança de todos”, enfatiza Alexsandro.

Esta ação educativa pretende conscientizar as pessoas e alertar que quem for pego dirigindo sob efeito de álcool sofrerá penalidades e pode ser preso. Conforme a resolução, se o teste do bafômetro apontar marca igual ou superior a 0,05 miligramas de álcool por litro de ar, o motorista será autuado, responderá por infração gravíssima, pagará multa de R$ 2.934,70, terá a Carteira de Habilitação recolhida, o direito de dirigir suspenso por 12 meses, além da retenção do veículo.

Caso o teste aponte concentração igual ou superior a 0,34 miligramas por litro de ar, o ato de dirigir passa a ser considerado crime e o motorista, além de pagar a multa e ter a carteira de motorista apreendida, será encaminhado à delegacia. Comprovada a embriaguez, o condutor pode ser condenado à detenção de seis meses a três anos.

Segundo o Bombeiro Militar Jozimar Tavares, na maioria das vezes quando os Bombeiros atendem uma ocorrência de acidente com pessoas alcoolizadas encontram vítimas com ferimentos graves e óbitos. “A falta de cinto de segurança, o excesso de velocidade, a distração e a lentidão de reflexos além do sono são fatores que aumentam ainda mais o índice de crimes no trânsito, pois o condutor acaba assumindo um risco ao dirigir alcoolizado”, completa Tavares.

 

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *