Previsão do Tempo
Tempo em
Francisco Beltrão

º | º

Prefeitura homenageia Exército e Revolta de 57

Publicado em

Uma solenidade marcada para esta terça-feira (24), às 19h30, no Espaço da Arte, prestará homenagem aos 60 anos de instalação do Exército em Francisco Beltrão e a Revolta dos Posseiros em 1957. A iniciativa é da prefeitura, por meio do Departamento de Cultura. O evento será marcado por homenagens a diversos pioneiros que participaram da Revolta e construíram a história da colonização do município, bem como ao 16º Esquadrão de Cavalaria Mecanizado.

Os primeiros colonizadores chegaram na Vila Marrecas na década de 1.940, oriundos de Santa Cataria e do Rio Grande do Sul. Posteriormente foi instalada a Colônia Agrícola General Osório, com o objetivo de dar assistência às famílias para acesso ao protocolo de posse das terras.

Porém, em 1950 se instalaram as companhias Citla e Comercial, que intitularam-se donas das terras e passaram a  comercializar títulos falsos e explorar madeira de forma comercial. O fato provocou indignação nos posseiros, que se mobilizaram em defesa de suas terras.

Em 1954 Francisco Beltrão transformava-se também em sede de Comarca. O desenvolvimento era grande, mas o foi freado devido a disputa de terras entre posseiros e as companhias colonizadoras, resultando na histórica Revolta dos Posseiros que abrangeu quase todo o Sudoeste mas, teve seu ponto culminante em Francisco Beltrão, onde estavam instaladas as companhias.

No dia 10 de outubro de 1957 milhares de posseiros tomaram conta da cidade e expulsaram as companhias com todos os seus funcionários. Foi o primeiro movimento social relacionado a luta pela terra que obteve êxito no Brasil. No mesmo ano, devido aos conflitos de terras, a cidade recebeu uma unidade do Exército, que foi mantida, devido a posição estragégica do município.

O destacamento passou ao valor de uma Companhia de Infantaria, proveniente do 13º Batalhão de Caçadores. Essa tropa teve papel fundamental  nos eventos de outubro de 1957, mantendo estrita neutralidade e impedindo derramamento de sangue na região, sendo 1ª companhia do 13º Regimento de Infantaria oriunda de Ponta Grossa e depois 2ª Companhia de Infantaria. No ano de 1987  foi transformada em 3ª Companhia do 33º Batalhão de Infantaria motorizado.

No ano de 2000, instalou-se o 16º Esquadrão de Cavalaria Mecanizado, oriundo de Passo Fundo (RS), que já contava com 106 anos de história. Ao longo de seis décadas, o exército foi testemunha da evolução de Francisco Beltrão da pequena vila isolada para uma próspera cidade. Por seus portões ingressaram gerações de cidadãos que aqui cumpriram seus deveres com a Pátria. Tanto a Revolta dos Posseiros quanto a instalação do Exército tiveram grande influência no desenvolvimento político, econômico, histórico e social de toda a região Sudoeste.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *