Previsão do Tempo
Tempo em
Francisco Beltrão

º | º

Com fotos e documentos históricos, memorial de Beltrão é aberto á visitação

Publicado em

Da assessoria

Observado pela diretora de Cultura, Soraia Quintana, prefeito Cantelmo Neto abriu oficialmente nesta sexta-feira o Memorial do município para visitação

Observado pela diretora de Cultura, Soraia Quintana, prefeito Cantelmo Neto abriu oficialmente nesta sexta-feira o Memorial do município para visitação

Mais de 20 mil fotografias, documentos originais do período da colonização, manuscritos de pioneiros e parte do acervo da extinta Cango (Colônia Agrícola Nacional General Osório) fazem parte dos materiais que já estão disponíveis para consulta em Francisco Beltrão, no memorial dedicado a resgatar a história do município.

Aberto oficialmente nesta sexta-feira, o espaço recebeu elogios do prefeito Antonio Cantelmo Neto, que destacou a importância do arquivo histórico. “Fazia-se necessário um local que estimulasse os alunos e à população em geral apreciar, respeitar e entender a história que nos constituiu enquanto região”, disse Neto. Somente no primeiro dia, mais de 800 alunos de sete escolas visitaram o espaço, que funciona no mesmo prédio do Espaço da Arte e funciona das 830 às 11h30 e das 14 às 17 horas.

O memorial começou a ser montado faz alguns anos e foi inaugurado em dezembro de 2012. De lá para cá, o Departamento de Cultura catalogou, restaurou e organizou todo o acervo, que a partir de agora também será digitalizado para servir de referência a pesquisadores das ciências humanas. “O principal objetivo do memorial é disponibilizar fontes de pesquisas históricas, mas também o acesso destas a população em geral”, afirmou.

No mesmo espaço está a galeria dos diretores de cultura do município, além de uma série de quadros de artistas plásticos da região. Todo o material que compõe o acervo do memorial foi doado por famílias de pioneiros e instituições, como o Incra, Conselho da Mulher Empresária, 16º Esquadrão de Cavalaria Mecanizado e outras. Os objetos mais recentes são da antiga casa de Walter Pécoits, entre eles a máquina de escrever que o médico e político utilizava, que será restaurada e exposta no espaço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *