Previsão do Tempo
Tempo em
Francisco Beltrão

º | º

Alunos que têm aula em centro comunitário ganharão nova escola no Industrial

Publicado em

Da assessoria

Operários trabalham na desmontagem do barracão do antigo Atacado Industrial, onde será construída a nova escola municipal do bairro, de R$ 3,5 milhões

Operários trabalham na desmontagem do barracão do antigo Atacado Industrial, onde será construída a nova escola municipal do bairro, de R$ 3,5 milhões

A partir do ano que vem, a Escola Municipal São Cristóvão, no bairro Industrial, terá uma nova estutura. A novidade está deixando professores e alunos ansiosos, principalmente porque no local a falta de espaço é tamanha que até os espaços do centro comunitário do bairro são utilizados como sala de aula.

“Vai ficar melhor, porque aqui tem poucas salas, não é tão grande o espaço e ainda tem gente que fica nas salas do pavilhão, que é muito quente ou muito frio”, afirma o aluno Lucca Tesser, de dez anos. Já para Julia Pazetto, de oito, a principal vantagem será a exclusividade do espaço, que hoje é parcialmente dividido com alunos mais velhos. “Lá vai ser só nosso, uma escola mais bonita”, diz.

A expectativa dos estudantes se justifica pela atual estrutura da escola, que, apesar de bem cuidada, já está pequena para seus 320 alunos. São oito salas de aula, duas delas compartilhadas com o Estado em meio período, além do ambiente administrativo e refeitório para atender alunos do pré ao quinto ano. “Atualmente não temos um espaço que atende nossa demanda, basta notar que três turmas têm aula em salas do pavilhão comunitário, por isso um novo ambiente irá melhorar desde as condições de trabalho dos professores como as de aprendizagem dos alunos”, explica a diretora Adelaine Rovani.

E a nova escola de R$ 3,5 milhões já tem local definido: será construída no espaço em que funcionava o antigo Atacado Industrial, que nesta semana começou a ser demolido pela Prefeitura. No local, o trabalho será intenso nas próximas semanas, até que toda estrutura seja desmontada e os entulhos transportados para locais adequados.

O governo municipal adquiriu o espaço de 6 mil m2 ainda no ano passado por R$ 2,1 milhões e solicitou a construção da escola ao governo federal, que em dezembro aprovou o projeto. A nova escola terá 12 salas de aula, quadra coberta, sala multifuncional, biblioteca, refeitório e ala administrativa em um espaço de mais de 2 mil m2 de área construída e com capacidade para atender até 480 alunos. O edital para a construção da obra já foi lançado pela Prefeitura e a licitação que definirá a empresa construtora acontecerá no dia 22.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *