Previsão do Tempo
Tempo em
Francisco Beltrão

º | º

Viveiro municipal distribuiu mais de 142 mil mudas de árvores em 2015

Publicado em

 

Da assessoria

Mudas de Araucária estiveram entre as mais procuradas no ano passado

Mudas de Araucária estiveram entre as mais procuradas no ano passado

O viveiro municipal mantido pela Secretaria de Meio Ambiente de Francisco Beltrão repassou mais de 142 mil mudas de árvores a moradores do município no ano passado. Apesar de 25% menor que a quantidade distribuída no ano anterior, o número equivale a quase duas novas árvores para cada habitante do município e contribui para a arborização da cidade.

“Nós somos um dos poucos municípios do estado a manter um viveiro próprio e isso estimula as pessoas a virem buscar mudas e ampliar nossa flora e a arborização pela cidade e nos próprios terrenos, com espécies nativas e frutíferas”, comenta o secretário de Meio Ambiente, Dalmir ‘Guinho’ Tonello.

Nos últimos nove anos, o viveiro de Francisco Beltrão já distribuiu mais de dois milhões de mudas. A grande maioria é repassada diretamente aos moradores que vão até o local buscar as espécies desejadas. Toda vez que o cidadão requer o corte de alguma árvore um técnico da Prefeitura vai até o local avaliar a necessidade e indicar e plantar novas mudas para reposição. Além disso, boa parte das mudas produzidas pelo viveiro são plantadas no passeio, em canteiros de avenidas, parques e prédios públicos do Município.

 

Plantando Vida traça cronograma

Um dos projetos desenvolvidos no viveiro ensina educação ambiental a alunos das escolas do campo e ajuda na preservação de espécies nativas. Através do Plantando Vida, os estudantes conhecem as espécies e vão a campo em busca de sementes, que são classificadas e armazenadas e viram mudas de árvores no viveiro.

Grupo gestor do projeto Plantando Vida irá continuar trabalho de educação ambiental e coleta de sementes de espécies nativas nas escolas do campo

Grupo gestor do projeto Plantando Vida irá continuar trabalho de educação ambiental e coleta de sementes de espécies nativas nas escolas do campo

Desenvolvido entre as secretarias de Educação e Meio Ambiente em parceria com o Rotary Club III Milênio e os campus da UTFPR (Universidade Tecnológica Federal do Paraná) de Dois Vizinhos e Beltrão, o projeto, que já coletou 106 diferentes espécies nos últimos anos, terá continuidade em 2016, segundo definiu o grupo gestor, que se reuniu nesta terça-feira (26).

Neste ano, o projeto será desenvolvido com alunos do 8º e 9º ano das escolas do campo. O pontapé inicial do cronograma de palestras e coletas será dia 1º de março, quando acontece a premiação dos alunos participantes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *