Previsão do Tempo
Tempo em
Francisco Beltrão

º | º

Encontro debate arborização e adequação de calçadas

Publicado em

 

A secretaria municipal de Meio Ambiente promoveu na noite de quinta-feira, 10, um encontro de esclarecimentos sobre adequação de calçadas, arborização urbana e descarte de lâmpadas. A reunião contou com a presença da Promotora de Justiça Maria Fernanda Salvadori Belentani, do arquiteto Dalcy Salvatti, responsável técnico pela revisão do Plano Diretor, dirigentes de associações de moradores, Câmara de Dirigentes Lojistas, Polícia Ambiental, secretaria estadual de Meio Ambiente, Sanepar, vereadores, secretários municipais e representantes de outras entidades.

O secretário Adriano David fez uma explanação a respeito da metodologia aplicada no Plano de Arborização Urbana, que já está em andamento, e a  adequação das calçadas, principalmente visando melhorar a acessibilidade. Neste caso a cidade foi dividida por quadrantes e o trabalho será iniciado nas regiões onde existe maior movimentação de pedestres.

O diretor da secretaria, Vilmar Rigo, discorreu sobre o descarte de lâmpadas. Neste caso, os revendedores serão chamados para um encontro para que seja feito um acordo sobre o desenvolvimento do projeto, a exemplo do que já acontece com o segmento de pneus.

A destinação final das lâmpadas usadas é de responsabilidade dos revendedores. Porém, devido a um acordo setorial nacional existente, eles ainda permanecem desobrigados de adotar o procedimento. A questão também está sendo debatida judicialmente.

No caso de Francisco Beltrão, a  ideia é buscar um consenso para oferecer uma solução imediata para a população. Hoje a prefeitura possui 70 mil lâmpadas domiciliares estocadas a espera de uma destinação final.

Outro tema trabalho no encontro é relacionado ao crime ambiental de poda drástica em árvores nas vias públicas. Somente em 2017 foram aplicadas 97 notificações e autos de infração. A lei determina que as árvores em via pública são de tutela da prefeitura. Com isso, somente servidores da  prefeitura podem realizar a poda nestas árvores.

Adriano também revela que pretende realizar uma ação com profissionais que atuam no setor de jardinagem. O objetivo é qualificar estas pessoas, especialmente para atuarem na poda de árvores nos pátios das residências ou empresas, buscando também evitar as podas drásticas.

O secretário fez uma avaliação positiva do encontro em função do envolvimento de diversos órgãos e entidades, bem como da promotoria pública, que mantém um acompanhamento permanente sobre as ações do meio ambiente no município. “Estamos sempre abertos ao diálogo com toda a sociedade. A nossa secretaria, além de fiscalizar, também tem como prioridade esclarecer para a sociedade a respeito do meio”, completa Adriano.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *