Previsão do Tempo
Tempo em
Francisco Beltrão

º | º

Banco do Empreendedor libera R$ 10 milhões

Publicado em

O Banco do Empreendedor de Francisco Beltrão atingiu a marca de R$ 10 milhões aplicados nos pequenos negócios de Francisco Beltrão durante os 14 anos de atuação no município, canalizando recursos da Fomento Paraná. Foram firmados 1.224 contratos, com média de R$ 8.170,00 cada. Os créditos foram concedidos para 348 indústrias, 444 empresas comerciais e 432 prestadores de serviços.

Foram beneficiados 5.741 trabalhadores e criados 730 novos empregos. Isso significa que cada emprego gerado pelas pequenas empresas custou pouco mais de R$ 13 mil e o custo por emprego mantido foi de R$ 1.742,00, um resultado altamente positivo para o município.

Outro fator importante é o baixo nível de inadimplência, na ordem de 2,22%. O microcrédito é de fundamental importância para os pequenos negócios e manter o bom nível de desempenho e permanência  no mercado ao longo do tempo.  O índice de mortalidade de empresas em Francisco Beltrão é de 19%, segundo levantamento do Sebrae Nacional.

Devido ao sucesso do programa no município, no início deste ano a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Tecnológico colocou mais uma Agente de Crédito, Luciana Dani, para atendimento da demanda. O Agente de Desenvolvimento que já estava atuando, Itacir Rovaris, destaca a importância do banco para o desenvolvimento local.

Segundo ele, mais de 1.000 das pequenas empresas alcançaram sucesso nos seus  negócios, conseguindo boa permanência no mercado e atingindo mais de 5.000 empregos diretos. Isto representa um faturamento bruto mensal de R$ 15 milhões ao mês  para Francisco Beltrão.

Um exemplo do sucesso do programa disso é a empresa Bolano Chocolates. A proprietária, Adrieli Camargo, está animada com o sucesso que conseguiu e tem, com urgência, que investir na ampliação da fábrica para atender a demanda de seu produto no mercado.

“O crédito conseguido junto ao Banco do Empreendedor, para nós, foi de importância fundamental, pois conseguimos com mais máquinas e móveis ampliar nossa capacidade de produção. Surpresa foi também a boa aceitação do nosso produto por parte dos clientes. Estamos nos organizando para ampliar tudo de novo,” comemora a empresária.

Foto – Itacir Rovaris e Luciana Dani, agentes de crédito do Banco do Empreendedor

ROVARIS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *