Previsão do Tempo
Tempo em
Francisco Beltrão

º | º

Campanha Maio Amarelo

A Campanha Maio Amarelo teve intensa programação sábado (27) no Calçadão de Francisco Beltrão. Com a presença de autoridades e um grande público, foi feita a entrega de equipamentos para o Corpo de Bombeiros. Um conjunto formado por protetores de air-bag, almofadas pneumáticas, estabilizador universal, suporte para cilindro expansor e cortador manual de vidros, foi adquirido com recursos doados pela Justiça Federal, arrecadados através de penas alternativas e prestações pecuniárias.

O juiz da 1ª Vara Federal de Francisco Beltrão, Paulo Canabarro Trois Neto, fez a entrega simbólica ao prefeito Cleber Fontana, que repassou ao comandante do 3º Sub-Grupamento de Bombeiros, major Antonio Schinda. Cada kit destes equipamentos custou R$ 27 mil e auxiliará no socorro às vítimas, especialmente de acidentes de trânsito.

Na sequência os equipamentos foram utilizados na prática, através de uma simulação de acidente de trânsito. Alunos da UTFPR fizeram uma encenação de um acidente envolvendo dois veículos, com vítimas presas às ferragens.

Socorristas dos Bombeiros e SAMU demonstraram o uso dos equipamentos, incluindo o corte do teto de um dos veículos para dar acesso às vítimas.

Um grande público acompanhou atentamente a atividade. O objetivo foi chamar a atenção das pessoas para que tenham consciência e mudem sua atitude no trânsito. “O teatro mostrou o que normalmente as pessoas não conseguem ver, porque os acidentes mais graves normalmente são em rodovias. Trouxemos as imagens mais reais possíveis”, explicou Major Schinda.

“É uma forma de chamar a atenção da sociedade para os perigos do trânsito e para que cada um aja de forma correta, utilize o cinto de segurança, utilize o capacete, diminua a velocidade, respeite as regras de trânsito. Esse é o nosso objetivo, que cada um faça a sua parte”, completou a diretora do Debetran, Marilda Galvan Ribeiro.

A atividade realizada no calçadão teve a participação das seguintes instituições: Prefeitura Municipal, Debetran, Corpo de Bombeiros, SAMU, Polícia Militar, Detran-PR, secretaria municipal de Saúde, Vigilância em Saúde e UTFPR. Depois da simulação do acidente, os agentes de trânsito realizaram uma panfletagem e um trabalho de conscientização nas ruas da área central da cidade