Previsão do Tempo
Tempo em
Francisco Beltrão

º | º

Prefeitura pretende iniciar implantação de novo binário em julho

Publicado em

Da assessoria

Silmara Brambilla (Lahsa) e Rudimar Czerniaski (Debetran) com o vice-prefeito e secretário de Urbanismo Eduardo Scirea na esquina da Policlínica, onde passará o novo binário e será instalado um dos sete semáforos do sistema

Silmara Brambilla (Lahsa) e Rudimar Czerniaski (Debetran) com o vice-prefeito e secretário de Urbanismo Eduardo Scirea na esquina da Policlínica, onde passará o novo binário e será instalado um dos sete semáforos do sistema

O processo de implantação do novo binário nas ruas São Paulo e Romeu Lauro Werlang, em Francisco Beltrão, irá iniciar em julho, segundo previsão da Secretaria de Urbanismo e Departamento Beltronense de Trânsito (Debetran). Nesta semana, a Prefeitura começou a verificação in loco das adequações que precisarão ser feitas na estrutura das vias e sinalização, seguindo o projeto elaborado pela Lahsa, empresa que presta consultoria na área ao governo municipal.

Pelo projeto, o novo sistema binário transformará as ruas São Paulo e Romeu Lauro Werlang em mão única com sentido inverso em um trecho de 2,3 km, desde a rua Florianópolis – próximo ao Rio Marrecas – até a Apucarana – no alto do Industrial.

O vice-prefeito e secretário de Urbanismo, Eduardo Scirea, está otimista com a proposta. “Estamos trabalhando de forma bastante técnica no projeto de implantação do novo binário, uma medida necessária para melhorar o fluxo de veículos, principalmente entre as avenidas Luiz Antonio Faedo e Porto Alegre”, afirma.

O novo binário terá ainda sete novos semáforos, barreiras eletrônicas e nova sinalização horizontal e vertical, além da eliminação de rotatórias ao longo das ruas e melhoria das conversões.

Para o diretor do Debetran, Rudimar Czerniaski, o sistema possibilitará maior fluidez ao trânsito, mesmo com o aumento do fluxo de veículos, como aconteceu com o binário das ruas Curitiba e Tenente Camargo. “Dentro do processo acelerado de desenvolvimento e crescimento pela qual a cidade passa, é inevitável que tenhamos que encontrar novas formas para melhorar a locomoção das pessoas. As duas ruas já possuem um fluxo grande de veículos e estamos projetando-as para que esse número aumente e, mesmo assim, os veículos possam trafegar com segurança e sem congestionamentos”, explica Rudimar.

No levantamento feito recentemente pela Lahsa, em um período de 12 horas mais de 9.400 veículos passaram pela esquina da Romeu Lauro Werlang com a União da Vitória em um único dia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *