Previsão do Tempo
Tempo em
Francisco Beltrão

º | º

Média de alvarás de construção expedidos neste ano é maior que em 2014

Publicado em

Da assessoria

onsiderando a liberação de novas construções do primeiro semestre, ano ainda tende a ser positivo para a construção civil

onsiderando a liberação de novas construções do primeiro semestre, ano ainda tende a ser positivo para a construção civil

Mais de 420 alvarás de construção foram expedidos pela Prefeitura de Francisco Beltrão no primeiro semestre deste ano, uma média de 70 documentos por mês, segundo dados da Secretaria de Urbanismo. O número é maior que a média do ano passado, que registrou 829 alvarás entre janeiro e dezembro.

Apesar do crescimento na expedição de alvarás, a quantidade de metros quadrados autorizados para construção diminui 19% no comparativo com 2014 e deve se manter praticamente a mesma de 2013. A média mensal de construções neste ano é de 15.750 m2, menor que a de 2014 (19.512 m2) e maior que a de 2013 (15.557 m2).

Na análise do vice-prefeito e secretário de Urbanismo, Eduardo Scirea, o saldo final é positivo e demonstra uma retomada da confiança no setor. “Uma das questões que está travando o crescimento desses números é esfriada na liberação de financiamentos habitacionais, mas por outro lado temos anúncios de grandes investimentos na área imobiliária na cidade, principalmente comercial, o que demonstra que em Beltrão a desconfiança dos investidores já passou”, afirma Scirea.

Comparando dados dos últimos dez anos, a construção civil triplicou no município, passando de 76 mil m2 em 2004 para 234 mil m2 em 2014. Se manter o mesmo ritmo registrado no primeiro semestre, neste ano a liberação de novas construções chegará a 190 mil m2 e ficará acima da média histórica dos últimos dez anos – de 172 mil m2.

No ano passado, a grande maioria das construções foi destinada a áreas residenciais (150 mil m2), seguidas de comerciais (51 mil m2) e industriais (11 mil m2).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *