Previsão do Tempo
Tempo em
Francisco Beltrão

º | º

Cras Centro intensifica cursos e oficinas

Publicado em

O Cras Centro (Centro de Referência e Assistência Social) está intensificando as atividades com crianças e adolescentes entre 9 e 17 anos, com foco na prevenção de situações de vulnerabilidade e risco sociais, fortalecer os vínculos familiares e comunitários, garantir e ampliar o acesso aos direitos sociais. O Cras Centro funciona na rua Octaviano Teixeira dos Santos, nº 1306, no mesmo prédio da secretaria municipal de Assistência Social. O telefone é 3520-21-92.

O serviço de convivência e fortalecimento de vínculos tem os seguintes objetivos: estimular o desenvolvimento pessoal e social;  incentivar a permanência ou retorno à escola; contribuir para a promoção do desenvolvimento social e humano dos jovens;  fortalecer seus vínculos familiares e comunitários; enfrentar as situações de risco social às quais são cotidianamente expostos; sensibilizá-los e informá-los sobre o mercado de trabalho;  capacitá-los para atuarem como agentes de transformação e desenvolvimento da comunidade;  contribuir para a diminuição dos índices de violência e uso de drogas; colaborar para reduzir a incidência de doenças sexualmente transmissíveis e de gravidez não planejada.

O atendimento neste serviço é dirigido para aqueles que pertencem às famílias inscritas no cadastro único do governo federal, com renda de até três salários mínimos, o que as caracteriza como famílias de baixa renda. Também famílias beneficiárias de programas de transferência de renda como o Bolsa Família. Porém, para aqueles em que a família não está inscrita e tem vontade de participar do serviço basta fazer o cadastro de reserva que serão chamados quando houver a disponibilidade de vagas.

Cursos e Oficinas

Para a faixa etária de 9 a 14 anos estão sendo ofertadas as oficinas de violão, em parceria com a Escola Estadual Vicente de Carli, no Bairro São Miguel, e a oficina de teatro nas dependências da Amarbem, no bairro Padre Ulrico. Para a faixa etária de 15 a 17 anos estão em andamento cursos profissionalizantes para o mercado de trabalho de autocad, montagem e manutenção de computadores e notebooks, auxiliar administrativo, vendas e marketing.

Uma novidade neste ano é a oficina de desenho e grafitagem, que leva conhecimentos da arte e cultura, sem deixar de profissionalizá-los. Além dos cursos e oficinas, é feito um acompanhamento teórico social, abordando assuntos educativos pertinentes à faixa etária como direitos sociais, família, autoestima, drogadição, sexualidade, gravidez na adolescência, entre outros.

Esse serviço contribui para permanecia na escola ou articulação para o retorno, caso o jovem não esteja freqüentando. As atividades em grupo estimulam a convivência social, buscam complementar as ações da família e da comunidade na proteção e desenvolvimento, assegurando um espaço de convívio com relações de afetividade, solidariedade e respeito mútuo, desenvolvendo competências criticas sobre a realidade social, o reconhecimento da educação e do trabalho como direitos, além de buscar uma profissionalização destes jovens.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *