Previsão do Tempo
Tempo em
Francisco Beltrão

º | º

Associação Sensibilizar terá sede própria no bairro São Miguel

Publicado em

Da assessoria

Colaboradoras, voluntários e crianças e adolescentes atendidos pela entidade posam para foto com o prefeito Cantelmo Neto

Colaboradoras, voluntários e crianças e adolescentes atendidos pela entidade posam para foto com o prefeito Cantelmo Neto

O prefeito Antonio Cantelmo Neto autorizou nesta sexta-feira (28) a construção da nova sede da Associação Sensibilizar, que trabalha com crianças em situação de risco de Francisco Beltrão. Com recursos do governo federal viabilizados pelo deputado Nelson Meurer, a sede será construída em terreno doado e preparado pela Prefeitura, que também deverá fazer serviços complementares após a conclusão da associação.

“Fizemos questão de dar todo apoio necessário à viabilização da sede porque o trabalho desenvolvido pela Sensibilizar reflete muito o que é o conceito do nosso governo: cuidar do ser humano e das pessoas e garantir-lhes a dignidade necessária para a integração social”, afirmou o prefeito Cantelmo Neto durante o ato de assinatura da ordem de serviço da obra, realizado na atual sede da associação.

A construção da nova sede da Sensibilizar irá custar R$ 252 mil, terá 300 m2 e será feita pela Construtora TH no prolongamento da avenida Guiomar Lopes. Parte deste valor é oriunda do Ministério da Integração Nacional e R$ 52 mil são contrapartida da Prefeitura, que também doou o terreno e obras complementares.

A Associação Sensibilizar existe desde 2004 como uma iniciativa que oportuniza atividades e aulas de canto, artesanato, pintura, música e outras formas de arte e cultura, além de reforço escolar. Mantida através da colaboração financeira de pessoas e da atuação de voluntários – a Prefeitura cede o espaço em que funciona atualmente – a entidade atualmente atende 50 crianças e adolescentes entre 3 e 15 anos dos bairros Novos Mundo, São Francisco e São Miguel.

Para a professora Silvia Kramer, uma das colaboradoras da associação, a sede própria aproximará mais a Sensibilizar de seu público alvo. “Levar de volta a sede da associação ao bairro São Miguel irá melhorar significativamente o atendimento, ainda mais em um espaço próprio e que permitirá estarmos mais próximos da realidade das crianças e adolescentes que atendemos”, sintetiza.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *